SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

E AGORA JOSÉ? – A FESTA ACABOU, O GOLPE SE CONSUMOU, OS PICARETAS CHEGARAM AO PODER... E AGORA JOSÉ?



    Não assisti todo o debate de admissibilidade do impeachment da presidente, no circo Senado, previamente com anunciação aceita, porque chegou a varar madrugada adentro e, só veio mesmo a ser votado agora pouco mais de 6h30 desta manhã. Fiz questão de ouvir mais, àqueles oradores mais preparados e que mereciam que eu os ouvisse, quer da situação ou oposição. Quanto a uma grande maioria de golpistas despreparados, preferi não ouvi os seus discursos execráveis e repugnantes, porque seria muita merda nos meus ouvidos e não estou preparado para ouvir ilações políticas próprias da picaretagem que agora vai passar a nos governar, depois da manhã desta quinta-feira, 12 de maior, por sinal, aniversário de emancipação política de minha terra, Buíque, que nem sei se haverá algum ato comemorativo ou não, porque não há o que se comemorar no estado de terra arrasada em que nossa municipalidade se encontra com esse desgoverno do PSD.
       O aceno golpista já houvera sido dado, acredito, bem antes da presidente tomar posse na presidência da república, porque o “playboizinho” das Minas Gerais e seus asseclas, jamais aceitaram a derrota nas urnas nas últimas eleições presidenciais. Esse golpe, como bem descreveu uma senadora do Piauí, de nome Regina, bem simples, com um discurso de fácil entendimento, mas disse realmente, o que o povo brasileiro queria ter dito. Naquele discurso magistral, ela externou todo o sentimento do povo mais humilde brasileiro. Ela descreveu em detalhes passo à passo, como esse golpe vinha sendo montando desde há certo tempo, tendo começado com reuniões de oito pessoas, passando a engrossar, e isso, na própria casa do vice, Michel Temmer, inclusive com o pernambucano Mendoncinha, vergonha de nossa pernambucanidade. Gozava vice ainda, da confiança da presidente, enquanto nos bastidores, conspirava para apear-lhes do poder e finalmente, isso veio acontecer, para tristeza de nosso povo, nesta manhã de quinta-feira. É apenas uma autorização de abertura de um cansativo processo de impeachment, que pode durar até 180 dias, tempo em que, a presidente ficará afastada do munus do exercício do poder, que lhe foi conferido pelo voto popular e, assim, sem maiores explicações, é defenestrada por um golpe baixo vindo de antes ex-aliados políticos que lhes juravam fidelidade e, no final de contas, veio finalmente a quase consumação do golpe, porque não há mais como recuperar nesse decurso temporal que vem por aí, o seu mandato, porque esse processo, já está fadado a ter um julgamento final pela cassação em definitivo de seu mandato e nesse via-crúcis, ninguém sabe como é que o país, seu povo, vão se comportar. Acredito com passividade, como sempre aconteceu noutras ocasiões. Agora, dos 54 milhões de votos que teve, ser derrubada por apenas 55 votos a favor do senado e, 22 contra, é uma tremenda injustiça e deslealdade ao eleitor que não votou em Michel Temmer, a não ser, para assumir a titularidade, noutras circunstâncias, menos através de um golpe parlamentar vergonhoso como este que foi dado.
      E agora José?, há de se questionar todos nós que fazemos parte do povo. Bem agora, é aguardar as raposas começarem a deglutir as galinhas e esperar que o país não se quede para o pior, naquilo que de mais execrável existe na política brasileira, principalmente a implantação do ideário neoliberal, com que está carimbado este golpe, e a quem ele vai servir de verdade, se aos interesses nacionais, de seu povo, ou de outros escusos, como sempre aconteceu neste país de golpismos e golpistas de plantão. Razão tinha Lula, quando em nome do que se denominou “governabilidade” da rapinagem, loteou o governo para poder permanecer no poder e essa cantilena, a gente sabe que existe até mesmo em uma pequena cidade como Buíque, por exemplo, aonde um legislativo capenga, usurpa junto com o executivo, para que quem estiver no poder possa governar e assim, ambos se apropriam indebitamente do erário, roubando dos cofres públicos o que ao povo deveria se destinar e isso, não é segredo para ninguém, porque aqui na Planície existe maior descaramento do que no Planalto, se bem que, na verdade, não existe discernimento nesse mister em lugar nenhum. Todos os ladrões que admitiram o impeachment de hoje pela manhão, a maioria dos 55 votos a favor, está envolvida em práticas corruptivas e todos eles, desavergonhadamente, querendo passar uma de santinhos do pau-oco. Sinceramente, é muita cara de pau no meio político deste país, sem contar com parte da iniciativa privada, que é descarada do mesmo jeito.
       Agora o que temos que fazer, é aguardar os rumos que vão dar ao nosso país e, não deixar a peteca cair, reorganizar o povo, os movimentos sociais de massa, para ficarmos atentos a qualquer tentativa de buscarem lotear o nosso Brasil, como o fez Fernando Henrique Cardoso, quando esteve no poder até o ano de 2002, porque foi ele que deu início ao loteamento nacional à troco de moedas podres e quem perdeu com isso, foi a nossa economia, o nosso povo, razão pela qual, não devemos neste momento do golpismo consumado nesta manhã, baixar a cabeça, mas continuar em marcha para fazermos o bom combate sempre em defesa da democracia, que ainda não chegou em definitivo em solo brasileiro.

Nenhum comentário: