SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

FAZER CAMPANHA SEM DINHEIRO EM MEIO DE LEÕES, É UMA TAREFA HERCÚLEA


     É como se voltássemos à Roma Antiga, quando se jogava cristãos aos leões na arena, no Coliseu. Podia-se ter certeza, que se sobrasse alguém, era por pura sorte, mas no geral, eram praticamente todos devorados, dizimados pela saciedade e fome dos bichanos, reconhecidamente carnívoros e pela insanidade do circo romano dos horrores em dar pão e circo ao povo, mesmo que fossem através de cenas tão dantescas quanto essas.
     No jogo da política praxista, da vantagem, do jogo do vale-tudo, de quem pode o mais pode o menos, também é assim. Quem tem recursos financeiros para gastar à vontade, tem 99% de chegar a ganhar uma eleição, do que quem não tem um centavo para gastar absolutamente nada, principalmente em campanhas municipais, para quem é candidato a vereador, aí é que o bicho pega mesmo, porque o povo, infelizmente, salvo uma minoria esclarecida, dificilmente se chega lá, mas nesse jogo, furando devagarinho num determinado e noutro lugar, tudo pode ser possível, mas que é difícil, disso não se pode ter a menor dúvida. Você pode até ser um bom orador, ter o dom da palavra, do convencimento, dotado de boas intenções, porém sem o ingrediente principal, que é dinheiro, a coisa na verdade fica preta mesma, camarada.
     Na verdade o sistema é cruel, como se fora numa arena de se colocar cristãos para serem devorados pelos leões no Coliseu, é assim mesmo que acontece na política e não tem nenhuma consideração e clemência por ninguém. Se o sujeito puder engolir o menor, não tem contemplação, não perdoa ninguém, essa é a regra no meio e nessa prática política nefasta em que no momento vivemos e praticamos, há de se duvidar se isso um dia vai mudar, porque a teor dessa mentalidade, é coisa para séculos sem fim amém.
   Pode-se tentar de tudo, até por que, os próprios responsáveis pela elaboração e produção legislativa, sempre deixam margem, brechas para que a coisa funcione dessa maneira e por mais que criem leis, normas eleitorais, se tem até uma Justiça Especial para aplicar eleições, mas na verdade, eles já as criam pensando sempre numa saída para se fazer o errado e se colocar no poder os mesmos de sempre, que em nada se confundem com os interesses maiores de nossa população e esta, como um peixinho perdido na lagoa, vai nadando na isca do anzol, chega a ser fisgado por uma ninharia e termina por eleger um bicho medonho que vai lhes tirar, quando eleito, até as suas cuecas, porque para a população mais pobre e carente, esse pessoal eleito, não está nem aí. Se tiver pão e circo para o povo, o espetáculo tem que continuar. Pior é que ninguém até agora, chegou a entender, ter a devida conscientização, de que ninguém deve vender o seu voto a ninguém, porque está vendendo a sua própria consciência e comprometendo o futuro de sua própria comunidade. Por isso mesmo, é que vivemos em situações de estado de verdadeiro abando e de terra arrasada, em face da falta das más escolhas que o povo vem fazendo, sempre olhando mais para o peso momentâneo de uma ninharia que um candidato lhe dá à troco de seu voto, sua consciência, seu futuro e de sua família, passam então a ficarem extremamente comprometidos. Então há de se indagar: até quando vamos viver nesse Coliseu Romano aonde as pessoas são jogadas à toca dos leões e nada se faz?

Nenhum comentário: