SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

sábado, 22 de outubro de 2016

NA SÉRIE DO BLOG DE ENTREVISTAS, NOSSO ENTREVISTADO DE HOJE, É O PREFEITO ELEITO DE BUÍQUE, ARQUIMEDES GUEDES VALENÇA, QUE GENTILMENTE NOS CONCEDEU A PRIMEIRA ENTREVISTA A UM BLOG DA REGIÃO


SÉRIE BLOG DE ENTREVISTAS COM MANOEL MODESTO
O Blog do Manoel Modesto, na SÉRIE BLOG DE ENTREVISTAS, teve uma conversa olho no olho, com o prefeito eleito de Buíque, Arquimedes Guedes Valença, que está sendo publicada no dia de hoje. Arquimedes Valença, natural da Pedra, mas radicado em Buíque desde criança, na Fazenda Quixaba, de sua propriedade, se iniciou na política em 1982, como vice, vindo a ser eleito prefeito pela primeira vez, em 1988. Depois desse primeiro mandato, veio a ser eleito em 2000, sendo reeleito em 2004, vindo no poder até 2008. Tendo sofrido duas derrotas, eis que, se candidata em 2016, sendo eleito prefeito pela quarta vez em Buíque, fato inédito em nossa terra, nos motivando a fazer essa entrevista inédita no nosso Blog. Então vamos às pesguntas:

P – MM – Arquimedes Valença, o Sr. sabe que nesses últimos oito anos Buíque foi jogado num verdadeiro abandono. O que o Sr. pretende fazer logo de início para tentar mudar o caos em que nossa terra se encontra?
R – AV – Primeiramente vou tomar medidas de impacto, principalmente na saúde, educação e no social, principalmente voltado para a nossa população mais carente que tanto precisa do poder público.

P – MM – O Sr. já tem em mente algum planejamento para os primeiros 100 dias, 01 ano e os anos subsequentes de governo? – Seu governo será mais técnico ou político?
R – AV – Vou procurar fazer tudo dentro de um planejamento, porque a minha experiência política de ter sido prefeito por três vezes, além de que, o gestor público deve procurar fazer tudo dentro de um certo cronograma bem planejado, caso contrário se perde na administração e não sabe como deve proceder. Tudo será feito dentro de um rigoroso planejamento.

P – MM – Em quais áreas de atuação o Sr. está mais preocupado, já que nosso município tem problemas de sobra?
R – AV – Bem, Dr. Manoel, as principais áreas que pretendo recuperar de imediato, são saúde de nosso povo, nossa educação e investimentos no social para atender as carências de nosso povo. Como nosso município é estritamente agrícola e pecuário, pretendo aplicar e planejar programas de agricultura e pecuárias familiares, para fortalecer o homem do campo, que nesses últimos anos ficou completamente esquecido. Mas por outro lado, vou ter uma preocupação também com outros setores de nosso município, principalmente turismo e cultura.

P – MM – Sabemos que educação, saúde e o social em Buíque, devem ser prioridades. Quais outras áreas vão ter a sua atenção especial?
R – AV Como já disse anteriormente, Dr. Manoel, pretendo investir e ter um cuidado especial com o nosso turismo, com o Parque Arqueológico Vale do Catimbau, sem deixar de me preocupar com todos os setores que requerem atenção de nossa gestão.

P – MM – Pelo visto o Sr. é o único líder vivo da política buiquense, que aos 69 anos de idade conseguiu vir a ser eleito prefeito pela quarta vez. A que você atribuiu toda essa força política?
R – AV Todo esse vigor deve a minha vocação. Se assim nasci moldado para a política, vou continuar militante nesta até aonde puder. Quando não mais tiver condições sairei. Para mim, é uma grande honra ter sido eleito democraticamente pela quarta vez prefeito de Buíque.

P – MM – Nos seus governos anteriores, o Sr. Se procurou mais em se focar no social e no fortalecimento do campo. Nesse atual, qual será mais o foco de seu quarto governo?
R – AV – Não que nesse meu quarto governo vou deixar o homem do campo de lado. Isso não, até porque sou da zona rural também. Mas nesse meu governo, vou fazer um governo, pela experiência que já adquiri em minha vida, completamente voltado para as reais necessidades de nosso município, cuidando mais da saúde de nosso povo, de nossa educação e investindo ainda mais no social, porque nosso município é grande e aglomera grandes problemas que requerem a atenção do gestor público com mais atenção.

P – MM – Muitos dizem que o Sr. não administrou Buíque como deveria, mas como é que ainda assim, conseguiu trazer o SESC-LER, fundar a AMDRI, fazer o PLANIPANEMA, programa que lhe deu o título de MELHOR PREFEITO EMPREEDEDOR DO BRASIL, entre outras realizações?
R – AV A AMDRI e o Planipanema, foram grande programas criados no meu governo. A AMDRI era uma autarquia criada por lei e só por lei poderia ter sido extinta. Tinha por objetivo o fortalecimento da agricultura e pecuária dos minis e pequenos agricultores e pecuaristas. Esses programas foram tão importantes para nosso município, que vieram prefeitos de outros estados para ter conhecimento do programa e implantarem em seus municípios, quer dizer, teve repercussão nacional, a pondo de ter ganho o título de prefeito empreendedor do Brasil, o que foi gratificante para Buíque e para mim na condição de gestor público. Era um programa para nunca ter sido extinto, porque nele estava a esperança de muita gente da zona rural, além de ter doze técnicos agrícolas e dois engenheiros agrônomos para acompanhamento técnico desse programa, que inexplicavelmente, a partir de 2009, foi completamente abandonado e deixaram o povo à míngua.

P – MM – O desenvolvimento do turismo está também entre suas prioridades? – O Sr. pretende fazer uma parceria com algumas empresas do ramo para incrementar o turismo buiquense?
R – AV Como já disse, Dr. Manoel, o turismo com toda certeza terá a minha a atenção e vou tentar, junto à iniciativa privada, para ver como é que podemos fazer uma parceria para incrementar o turismo de nosso município, voltado não somente para o Parque Arqueológico Vale do Catimbau, mas também, para outras áreas que carecem de nossa atenção, porque nosso Município é um dos mais belos do Estado de Pernambuco.

P – MM – Seu governo será mesclado com a opinião do povo de Buíque, assim como, a escolha de prioridades em audiências públicas, uma espécie de governo popular?
R – AV – Com toda certeza, Dr. Manoel, nesse meu quarto governo, vou buscar sempre ouvir a população, fazer audiências públicas e ouvir e o nosso povo em suas prioridades. Vou fazer um governo voltado inteiramente para a nossa gente dentro do que for mais necessário e urgente.

P – MM – A nossa educação e o desenvolvimento humano se encontram entre os piores de nosso Estado. O que Sr. pretende fazer para corrigir tais distorções?
R – AV – Realmente, vamos receber o nosso município, principal quanto à educação e desenvolvimento humano, numa verdadeira estado de penúria, porém não vou deixar de medir esforços para corrigir essas distorções e colocar nossa terra no merecido lugar. Vou lutar sempre ao lado do povo para corrigir esses desvios de finalidades que foram implantados nos últimos anos.

P – MM – Como o Sr. espera encontrar o Município de Buíque? – Alguma medida jurídica de sua parte será tomada para fazer os culpados pagarem pelas irregularidades que certamente serão encontradas?
R – AVEvidentemente que, Dr. Manoel, não espero encontrar um município dentro do que determina a legislação. Sei que as coisas não vão estar como deveriam, mas se por acaso for detectada irregularidade, o jeito é se mandar fazer uma auditoria e os responsáveis, com toda certeza serem responsabilizados e pagarem pelos seus erros, se for o caso.

P – MM – Sabemos que os recursos que vem para municípios como o nosso, são parcos. Como o Sr. vai fazer para com poucos recursos administrar um município com mais de 60 mil habitantes e com uma área de 1.372 km2 de área?
R – AV – A gente tem conhecimento, Dr. Manoel, que as receitas públicas diante dessa propalada crise, estão caindo e, como nosso município depender dos recursos de repasses federais e estaduais, certamente, a tendência das nossas receitas é caírem também. Para isso, na condição de gestor público, com uma boa equipe auxiliar que vou montar, pretendo ter criatividade para poder com eficiência aplicar bem os recursos públicos e no momento oportuno. Só assim é que poderemos administrar a nossa terra.

MM – Nós temos uma rica cultura das mais variadas vertentes culturais. O Sr. ainda nessa área, deixou um grande legado, a Biblioteca Pública Municipal, que está também completamente destroçada. Nós fundamos a ACADEMIA BUIQUENSE DE LETRAS E DAS ARTES – ABLA, não fizemos muito por falta de recursos. O Sr. pretende ajudar essa iniciativa e incrementar a nossa cultura?
R – AV – Com toda certeza vou ter um cuidado especial para a nossa rica cultura, que vem dos índios Kapinawás, dos quilombolas, além dos vários artistas anônimos que temos aos montes em nossa terra e que, estão esquecidos e precisam de um empurrãozinho para poder vir a ser reconhecidos. Temos pintores, pintoras, artesãos, artesãs, entre tantas outras manifestações culturais e, quanto a Academia Buiquense de Letras, criada por vocês, com toda certeza vou fazer tudo para ajudar a incrementar a nossa cultura.

MM – Que lição o Sr. deixa para o povo e juventude buiquenses, para se manter por tanto tempo na política de Buíque?
R – AV – A lição que deixo para o nosso povo e a nossa juventude, é a de que, nunca desistam daquilo que querem na vida, porque mais cedo ou mais tarde, sempre cada um consegue um lugar ao sol, que tanto persegue na vida. E dentro desse pensamento, quero dizer que vamos trabalhar juntos, porque o prefeito eleito, na verdade, é prefeito de toda a população, tanto dos que nele votaram, quanto dos que não votaram. Então vamos juntos trabalhar pelo bem de nossa terra e de nossa gente. É essa a mensagem que deixo ao povo buiquense.

        Bem gente, essa foi a conversa que tive com o prefeito eleito, Sr. Arquimedes Guedes Valença, que na verdade foi muito proveitosa, sendo a primeira entrevista que ele gentilmente concede a um Blog da região, o que nos deixa completamente satisfeitos, diante da sua simplicidade e sinceridade com que nos falou. Só temos que agradecer ao prefeito eleito, Arquimedes Guedes Valença, por esta entrevista, e esperamos, no decurso de seu governo, que se inicia no dia primeiro do ano que vem, para novas conversas de pé de ouvido, de sua gestão, que pelo que ele falou aqui, vai fazer um governo completamente inovador e com uma equipe de primeira qualidade. Bem, é isso que nós que votamos nele, e o povo de um modo em geral, precisam e dele espem.

Nenhum comentário: