SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

sábado, 1 de outubro de 2016

REGIME MILITAR, OS IDIOTISTA QUE DEFENDEM NÃO SABEM O QUE SIGNIFICA ESSE TENEBROSO SISTEMA DITATORIAL


*Dr. Dalton Leal Maranhão

REGIME MILITAR - No dia 31 de março de 1964, as Forças Armadas , instigadas por Políticos traidores e pelo embaixador americano no Brasil, sob o pretexto do que ocorreu em Cuba, durante a revolução Castrista, que culminou com o comunismo , depuseram ilegalmente o presidente da República, soberanamente eleito pelo povo, Dr. João Belchior Marques Goulart e impuseram uma ditadura militar no país, cujos atos menos ruins que ocorreram na época , foram infinitamente piores do que os que ocorrem hoje.
Dívida Externa: Aumentou 20 Vezes;
Crédito Externo : Terminou sem nenhum, ao ponto do Brasil ser fiscalizado pelo FMI ;
Quebra geral: O Brasil ficou inadimplente no exterior e a maioria dos Estados, ficou sem pagar aos seus servidores durante meses;
Corrupção: Generalizou-se, entre outros órgãos públicos , na CEF , BNH , CAPEME, IAA , IBC, Nuclebraes, Bancos Estaduais, etc.
Serviço Público : A regra era a nomeação sem concurso, por indicação política;
Censura: Tudo era censurado, como filmes , TVs., Teatros , Jornais, revistas , etc. para ninguém poder criticar ;
Construção de Obras Púbicas: Construíram muitas obras públicas, sem licitação, faraônicas e inúteis, como a Transamazônica, a ferrovia do aço, etc., ao preço de bilhões de dólares;
Cassação de Mandatos e Intervenção Sindical : Cassava-se mandatos se decretava-se intervenção em órgãos de classe sem direto de defesa;
Prisões Ilegais: Os sequestros, a tortura e o assassinato de adversários , eram comuns por parte da polícia , entre eles , o sindicalista Manuel Fiel Filho, o jornalista Vlademir Herzog e o padre Henrique. Mais de 200 presos políticos desapareceram para sempre;
Estupros nas prisões : Muitas presas políticas foram estupradas, bem como, algumas de suas parentes, inclusive de menor idade, como a filha do general dissidente, Jesus Zerbini;
Terrorismo: Muitos atos terroristas foram cometidos pela ditadura militar, ente eles: 0 Rio Center, no Centro de Convenções; no prédio da SUNABE e da OAB , todos no Rio de Janeiro, que vitimou D. Lídia Monteiro;
PRESIDENTE ERNESTO GEISEL: Durante o seu Governo, o seu secretário particular e depois presidente da CEF , Humberto Barreto, cometeu o maior roubo da sua história na entidade e depois que o general- presidente deixou o governo, foi morar em uma mansão construída com dinheiro da CEF, no Rio de Janeiro ;
PRESIDENTE JOÃO FIGUEIREDO : Último presidente militar, para o bem do Brasil, teve como secretário particular o maior contrabandistas de armas do país, major Heitor Aquino, que chegou a ser preso pela polícia federal, logo liberado, após pagar fiança, mas o seu processo desapareceu , enquanto o Genera-presidente, após deixar o governo, foi morar em um apartamento de cobertura no Rio de Janeiro e no sítio do Dragão , também no Estado do Rio, aonde criava caríssimos cavalos de raça. A exemplo do s eu colega Ernesto Gaisel, recebia mensalmente , além da aposentadoria de general , uma pensão vitalícia de ex- presidente, equivalente ao salário de um ministro do STF , tinha assessores públicos, carro , gasolina, motorista e segurança por parte das polícias federal e do Exército - PE
Todos esses crimes ficaram na impunidade, ninguém foi preso ou processado, não ficaram inelegíveis, nem devolveram um centavo aos cofres públicos. Até hoje, ainda existem prédios públicos, avenidas e praças, com nomes que homenageiam esses ladrões , sequestradores,assassinos e terroristas, porque não temos uma sociedade , nem uma justiça como na Argentina.
Quem defende ditaduras gratuitamente, demostra uma enorme ignorância história, pois elas foram responsáveis , independente de ideologias, por mais de cem milhões de vítimas fatais, só no século XX.

*Advogado.

Nenhum comentário: