QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quarta-feira, 4 de abril de 2018

O TILINTAR DAS BAIONETAS


    Nessa fase da vida por vezes, ou se sabe lá!, frequentemente mesmo, não há o que se pensar! - Tanta confusão, desordens mil, desacertos de todos os lados, descontrole social, da política nem se fala, desrespeitos tantos provocando dores estomacais e friozinhos na barriga, os nervos à flor da pele e o suor frio jorra pela pele facial e não se sabe o que fazer.
      Até parece que se volveu no tempo de criança, adolescência em que tudo era tão difícil, confuso e sequer se sabia o querer ou o fazer, mas o mundo era outro, estranho, parecendo-se com o de agora, em que ninguém conhece realmente ninguém ou se busca fazer o bem, mas se sabendo de antemão que apenas o mal das pessoas está sendo operado como um rolo compressor, sem se olhar a quem. Afinal que mundo é este? Prenúncio de mais de duas décadas de escuridão?
    Pelo que se pode aperceber, até parece que nada mudou, querem gritar em altos brados que o poder é sempre poder, e como sempre, quem pode o mais, pode o menos. A vida sempre foi assim. Nada mais, nada menos. Mudam-se apenas atores, protagonistas, figurinos e nada na realidade palpável muda. Tudo continua como dantes.
       O coração aperta como quando criança ou adolescente. Pensa-se em chorar, mesmo que para dentro de si mesmo, mas se chega a lacrimejar diante de tantas injustiças; de tantas maldades e gente sempre buscando se engalfinhar entre si mesma. Continua ainda triste viver neste mundo dantesco. No Brasil deve ser bem pior. É tanta hipocrisia, que o tempo passa e não dá para esquecer das tantas agonias, das distonias, do medo de não se chegar a um outro dia, porque sob à mira de um fuzil, baioneta ou metralhadora, numa sociedade opressora, não existia o olvidar do dia seguinte e a esperança não é um presente que se conquista de graça, por ser incerta e ninguém está nem aí para o futuro da Nação, sobretudo munido com uma baioneta nas mãos.

    Então o medo nos domina, amofina, como reles proxenetas perseguidas numa ruela qualquer de uma noite escura, fugidias de monstros vivos que as querem esfolar, fazer sangrar na carne. É assim que se sente neste país de incertezas, de impurezas vis, em face de ainda ressoar o sussurrar dos tambores, o tocar das cornetas, o tilintar das baionetas, o rá tá tá tá das metralhadores, que ameaçadoras teimam em sair dos quartéis e dominar os tantos bordéis em que se tornou este país, para causar dores, tirar vidas, se inocentes ou não, pouco importa, mas a força das armas tem que pesar sempre mais do que a diplomacia, a democracia e a justiça, porque tudo se tornou uma verdadeira algazarra, então tem que ser no tiro, na bala, nos canhões, na prisão de gente inocente ou não, que vai se resolver os problemas da Nação(?) e aí amiguinho do lado, você que defende veementemente que isso aconteça, não vai mais poder cantar a música que gosta, andar por qualquer lugar ou falar o seu livre pensar, porque afinal de contas, a voz agora é das baionetas, dos fuzis, das metralhadores e dos canhões! - Será que estão querendo repetir tudo isso no Brasil? - É essa voz impositiva que pode se ouvir de um porta-voz dos quartéis, dos generais sem votos, mas dos canhões, das bombas letais, das baionetas e fuzis, que quebram os ditames da lei, subsumindo-se nesta própria, num país sem ordem e instituem na marra as suas vontades, mesmo contrárias ao povo, afinal de contas, no país ainda das bananas, a sociedade foi a responsável por todas as mazelas, todas as maldades e agora, como cachorrinhos obedientes esse povo tem que entrar na linha, está dividido e tem que ficar encurralados nas masmorras e ficar quietinhos, como mansos cordeirinhos. E aí minha gente, pode ser um prenúncio de mais uma execrável e repugnante ditadura, o que não se quer para o Brasil, mas essa é uma possibilidade real e imediata. 

sábado, 31 de março de 2018

NÚMERO DE RELIGIÕES NO MUNDO PASSA DE 10 MIL Pesquisador mostra contraste religioso entre o século 20 e o 21 por Jarbas Aragão Número de religiões no mundo passa de 10 mil


    O Boletim Internacional de Pesquisa Missionária, preparado por David Barrett, lança um olhar detalhado sobre a situação religiosa no mundo a cada ano. Barret é um conhecido professor de “missiometria” da Universidade Regent. Ou seja, ele se especializou em analisar dados sobre as religiões do mundo, em especial do trabalho missionário cristão.
       Embora saibam que é impossível ter precisão absoluta, Barrett e sua equipe mantém um banco de dados atualizado constantemente e fazem projeções usando a metodologia de especialistas em estatística. Anualmente, usam os dados que dispõe para atualizar seu relatório e fazer projeções para o futuro próximo.
        A religião cristã, por exemplo, era praticamente fixa no século XX. Havia apenas 558 milhões de cristãos no mundo em 1900. Em contraste, chegamos a cerca de 2 bilhões de cristãos na metade de 2012.
       Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!
    No entanto, se considerarmos a porcentagem da população mundial, o cristianismo perdeu terreno. No início do século passado os cristãos eram 34,5% da população mundial, mas apenas 33,1% agora.
     Metade dos 2 bilhões de cristãos no mundo são católicos. O segundo maior “megabloco” são os cristãos afiliados a “igrejas independentes”, que têm cerca de 400 milhões de membros. Ou seja, quase o dobro dos 217 milhões de fiéis ortodoxos em todo o mundo.
       Barrett contabilizou 350 milhões de protestantes, divididos em centenas de denominações e mais 80 milhões pertencestes à comunhão Anglicana, que para muitos são um híbrido de católicos e protestantes. A tendência é que as posições desses “megablocos” dentro cristianismo mundial permaneça constante ao longo dos próximos vinte anos.
       O que mais chama atenção é como a vida cristã mudou radicalmente no século XX.
Os cristãos reuniam-se em 400 000 congregações em 1900. Hoje, podem ser encontrados cerca de 3,5 milhões de templos em todo o mundo. Em 1900 havia 300 000 livros publicados sobre o cristianismo. Em 2012, chegaremos a 5,1 milhões de títulos relacionados ao tema.
       Os 3500 revistas cristãs publicadas em 1900 são uma pequena fração das 35 000 publicações cristãs impressas que circulam hoje. Em 2002, a previsão é que o número de Bíblias distribuídas seria dez vezes maior que em 1900. Em um século passamos de 5.5 milhões para 59 milhões de exemplares anuais das Escrituras ou de parte delas.
       Talvez o mais surpreendente seja o número de denominações cristãs, eram 1.900 um século atrás, e agora chegam a 35.500. O cristianismo tornou-se muito mais um fenômeno urbano do século 20. Em 1900, apenas 28% dos cristãos do mundo viviam em cidades. Este ano, mais de 58% da população cristã vive em áreas urbanas.
       A revolução das comunicações também teve um impacto dramático sobre a vida cristã. Em 1970, as organizações cristãs utilizam cerca de 1000 computadores. Hoje são 332 milhões de computadores.
Atualmente, 2,5 bilhões de pessoas assistem e ouvem programas cristãos de rádio e TV todo mês, um número que deverá subir em 2025 para 3,8 bilhões. Trinta anos atrás, apenas 750 milhões tinham acesso a programas cristãos. Isso sem contar a internet, cuja audiência não pode ser medida.
       Mesmo assim, o Islã é a religião que mais cresce no mundo hoje. Dos 200 milhões de seguidores em 1900, os muçulmanos cresceram mais de 500% durante o século 20.
       As mudanças demográficas nos últimos trinta anos chama a atenção. Em 1970, havia 554 milhões de muçulmanos no mundo e 666 milhões de católicos. No ano 2000, o Islã chegou a 1,2 bilhão de seguidores, enquanto o catolicismo contabilizava 1,1 bilhão. Isso significa que, em 2025, devemos ter 1,3 bilhão de católicos em um mundo habitado por 1,8 bilhão de muçulmanos.
       O total do que Barrett chama de “religiões diferentes” cresceu de 1000, no ano de 1900, para 10 500 hoje, e deve chegar a 15 000 nos próximos 25 anos. Embora este crescimento pareça absurdo, o surgimento das novas religiões mostra que o mundo moderno não é tão ateu nem rejeita tanto assim a religiosidade quanto se pensa.
       Essas novas religiões misturam elementos da fé de cristãos, budistas, hindus, muçulmanos e outras menos expressivas. Por exemplo, a Dai Viet Nam mistura budismo, confucionismo e taoísmo, usando ao mesmo tempo a Bíblia e o Alcorão, e tendo um líder com status de “Papa”. Outro exemplo são os muçulmanos Ahmadi, os quais afirmam que Jesus escapou da cruz e morreu na Índia com 120 anos.


Nota: Traduzido e adaptado de Cristianos.com.

segunda-feira, 26 de março de 2018

O PRAZER DE ESCREVER E DE VER O MUNDO

      A gente que adquire o hábito de ler e escrever se torna algo extremamente prazeroso. Não que com isso a gente venha a deixar de fazer outras coisas em nossas vidas. À bem da verdade, a gente em muitas circunstâncias faz algo ou deixa de fazer, nem por isso deve ser sacrificado ou execrado publicamente, porque a vida de cada um só pertence a própria pessoa. Tenho comigo como filosofia de vida, e isso já tornei público e bem claro, que “se não puder fazer o bem, que o mal também buscarei fazer”.
      Então minha gente, nem sempre quando se imagina em fazer algo ruim, pode ser que seja contra a gente mesmo, menos contra terceiras pessoas. Aí é quando cometemos equívocos que podem ser perdoáveis ou não, que antes de prejudicar outrem, prejudica a nós mesmos. Sofremos com isso, claro, indubitavelmente que sim, mas é algo que só vem a atingir mesmo a nossa alma, a vida de cada um. Digo com toda a sinceridade do mundo, se o bem, pudesse fazer diuturnamente, com certeza o fazia, porque não existe nada melhor do que você se sentir com a alma leve, de bem consigo mesmo, razão pela qual, vamos todos buscar fazer o bem, gente!
   Vejo muitas intrigas, discussões intermináveis, que não levam a lugar nenhum, principalmente sobre um assunto que está intimamente ligado a cada ser humano, quer queira, quer não, que é a danada da política, mas de uma forma ou de outra, as pessoas estão se tornando animalesca no trato com a política, quando deveria ser esta um meio de pacificação e desenvolvimento social. Mas vejo dos lados, ou dois pesos e duas medidas. A política do bem, poucos a praticam, porém a para fazer o mal, a maioria desta tira proveito e não só quem é político não, é uma grande maioria absoluta das pessoas, que foi não foi, sempre buscam tirar vantagens e acreditam piamente que nada estão fazendo, quando na realidade estão deixando muita gente carente na rua da amargura, jogada à sua própria sorte, como que reles seres humanos, sem um norte de vida e, o que se percebe é uma ínfima minoria dona de todas as riquezas do mundo enquanto uma maioria estarrecedora vive sofrendo e passando necessidade e isso, é o que a grande maioria de nosso povo deveria está observando e fazendo algo de bom e de positivo em favor dos humildes, necessidades e oprimidos de todo o mundo, porque quantos não são as pessoas que no dia à dia só vivem de dor e de sofrimento?

quarta-feira, 7 de março de 2018

A REALIDADE CAÓTICA BRASILEIRA



     Foge-me o nome no presente momento, mas em Pernambuco, houve um escândalo envolvendo políticos que teve grande repercussão local e nacional. Não lembro bem o nome, tampouco quem foram os seus protagonistas. Na verdade o que ficou marcado em minha memória foi o fato de que, ouvi de um deputado daqui de nossa região, que chegou a ventilar de que, quem eles quisessem sujar o nome com o dito escândalo para que o sujeito não mais pudesse se candidatar e viesse a perder a credibilidade, não estava no gibi.
     Hoje me veio essa lembrança e fazendo as devidas comparações com essa operação investigativa apelidada de Lava Jato, tem essas mesmas características, porque eles, o miolo da máfia que está por trás de todo esse imbróglio, se quiser complicar a vida de alguém, tem todos os meios de indicar alguém que, mesmo não sendo larápio ou envolvido em escândalos, para incriminá-lo como um dos partícipes do esquema de corrupção de obter vantagens indevidas com o dinheiro público da Petrobrás. É desse jeito. Para isso, denunciam, fabricam provas, a promotoria denuncia e, como uma Maria vai com as outras, o juiz Moro condena, principalmente se for vinculado ao PT, porque quanto aos demais, a única figura notória é o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, que está amargando a ver o sol nascer quadrado. Quanto à sua esposa, foi absolvida; na mesma linha, Roseana Sarney, reconhecida corrupta do clã feudal dos Sarneys no Estado do Maranhão, dentro tantos outros que todo mundo já sabe o nome dos bois. A questão que fica na cabeça de quem vê um palmo além do nariz, é que algo de muito podre está acontecendo no Brasil e com a sua Justiça, que não está tendo o valor do que o gato enterra.

     Ora minha gente, só não percebe de toda essa tramóia é porque pertence ao mesmo esquema ou por ingenuidade o admite, porque o que está acontecendo neste país é de arregalar os olhos de qualquer pessoa que tenha um mínimo de discernimento de visão de mundo. Não existe marmelada mais cabeluda do que esse julgamento do ex-presidente Lula e veja que no caso específico dele, a Justiça está andando com a velocidade da luz. Indigna-me não ter essa mesma celeridade com as causas que defendemos de nossa clientela, onde com vinte e oito anos de militância advocatícia, dificilmente tenho visto um acusado de prática delitiva no Direito Penal, ser absolvido, porque o que vale mais são as provas da acusação, aonde todo e qualquer juiz vai manipulando de tal forma, para justamente obter o que bem quer e entende e, nem sempre as provas da acusação chegam a corroborar os fatos pelos quais alguém está sendo acusado de conduta delitiva. Tem mais, se recorrer para segunda instância, dificilmente se muda alguma coisa em superiores instâncias, a não ser quando o juiz de primeiro grau mela de forma aberrante, aí sim, pode ser que algumas das superiores instâncias venham a modificar a sentença prolatada pelo Juízo A Quo. É desse jeito que acontece na Justiça Brasileira. Pior é que tenho processo rolando há mais de quinze anos. A gente peticiona e o processo não muda de prateleira ou vai para o birô do juiz para se ter um despacho, que em muitos casos, até se fala com o magistrado para que ele venha a impulsionar o processo, o que é um tremendo absurdo. Então a minha indignação com a velocidade com a qual estão levando Lula ao caminho da cadeia, é realmente de ficar pasmo e revoltado com esse esquema que se montou tão-somente para prejudicar única e exclusivamente um nordestino, pau-de-arara, que ousou um dia ser presidente do nosso Brasil, por sinal o melhor que nosso país já teve, a bem da verdade.

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

FOI UM GRANDIOSO CARNAVAL E TUDO CORREU EM PAZ


        Mais uma vez o prefeito Arquimedes Valença, realizou um grandioso carnaval em Buíque. O lado positivo de toda essa festa momesca, foi o fato de que tudo correu na maior paz, sem incidentes que viessem a merecer maiores preocupações e tudo terminou com chaves de ouro.
        Nosso carnaval de Buíque já é reconhecidamente um dos maiores carnavais do interior de Pernambuco e é de um brilho excepcional, tendo ganhado a projeção que se apresenta, com o prefeito Arquimedes Valença, que mesmo sem se descuidar dos problemas do município, que apesar da atual crise brasileira pela qual passamos, ainda assim, com muita habilidade foi possível realizar mais um majestoso carnaval em Buíque.
        É de conhecimento de todos, tanto os daqui de Buíque, quando os que não são natos da terra, que nosso carnaval já tem uma tradição de longos anos e não seria possível que essa grandiosa festa não viesse a brilhar por mais um ano. Houve muita diversão, muita animação e quem ganhou foi o folião que durante esses quatro dias pode brincar para valer.

        Sabe-se que não é fácil se fazer uma festa da envergadura de nosso carnaval, mas com muita habilidade a equipe do atual governante não mediu esforços para que a alegria do povo buiquense buscasse mais um ano se alegrar com mais um carnaval que abrilhantou esse grandioso evento buiquense e, claro, o que há de se esperar é o fato de que, nos anos subseqüentes melhores carnavais venham a acontecer. 

domingo, 4 de fevereiro de 2018

A TRÊS NOITES DE ESCURO DE BUÍQUE


      Diziam os mais antigos de Buíque, como que numa profetização, que iria chega um período em que teríamos três dias e três noites de profunda escuridão e, nesse interstício temporal, o sobrenatural tomaria conta de Buíque, que durante as noites, os pecadores de todos os matizes, àqueles amancebados, os maus pagadores, os criminosos, os maldosos iriam para pagar os seus pagados, “correr bicho”, ou seja, se transformarem em bichos infernais e todos iriam queimar no fogo incandescente do Inferno. Era algo em que o povo acreditava mesmo, até os que se diziam esclarecidos da mesma forma. No mundo de hoje parece até piada, mas era isso mesmo que acontecia e muitos religiosos da Igreja Católica temiam de verdade esse a chegada desse dia.
        Não é à toa que muitos procuravam levar à Igreja folhas de coqueiro baié para que o padre benzesse e que deveria ser colocado em todas as portas das casas dos seguidores do catolicismo, para se protegerem e os bichos não entrarem em suas casas para não comê-los vivos. Aqui está se falando em comer de verdade, não no sentido figurado, porque os bichos seriam os mais ferozes e horríveis possíveis. Era como se o Inferno tivesse aberto as suas portas e tivesse surgido em Buíque, para os pecadores pagaram finalmente, pelos seus pecados. Seria uma espécie de tríduo da escuridão do juízo final somente em nossa terra.
       Pior é que o povo levava essa “profecia” à sério mesmo e a gente percebia muita gente, principalmente da zona rural e da pequena periferia de Buíque, bem como do centro da cidade, com as cruzes de palha de coco pregadas em suas portas. Era inacreditável mais era a mais pura realidade. Tinha mais, isso saía inclusive das missões. Lembro bem, de Frei Damião com Frei Fernandes, porque tudo que eles pregavam o povo acreditava que era verdadeiro, a exemplo de outros padres seus discípulos que não deixavam de lembrar-se dos pecadores e das três noites de escuro que Buíque esperava para castigar os pecadores e maus.
       Nessas últimas duas noites em que faltou energia em Buíque por mais de três horas consecutivas, o que é um inferno com o calor e as muriçocas a atanazar a vida do cabra, foi que me veio à mente essa questão das três noites de escuro em que os pecadores seriam transformados em monstros, bichos e iriam correr o Município afora, para eliminar, comer os pecadores de todos os matizes e por isso mesmo, tudo isso me metia medo também, porque ainda criança, minha mãe católica de carteirinha, também não deixava de forma alguma de colocar as suas cruzes de palha de coqueiro, bentas pelo sacerdote da Igreja Católica, justamente para se livras dessa maldita três noites de escuridão, que se incutia na cabeça do povo buiquense, que iríamos ter que enfrentar. Era questão de tempo, mas que elas viriam, todos os crédulos tinham plena certeza. Por isso mesmo, se hoje for mais uma noite de escuro provocada pela inércia da Celpe, com certeza poderá ser concretizada a profecia dos mais antigos. Então minha gente, que cada um procure buscar a sua cruzinha benta de palha de coqueiro, para não permitir que os pecadores buiquenses que serão transformados em monstros, não adentrem em seus lares para lhes fazer de comida. Fica dada a dica!

    O pior mesmo é que se alguém reparar, ainda existem pessoas mais humildes que ainda usam esse tipo de cruz benta em suas portas, é só reparar.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

ESGOTADOS TODOS OS RECURSOS SÓ PARA ENROLAR, A PRISÃO DE LULA CHEGARÁ


       Esse processo contra o ex-presidente Lula, na questão do triplex, que é um desdobramento da Lava-Jato, foi julgado pelo Juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal do Paraná, em 20 de junho de 2017, condenando-o a uma pena de reclusão de 9 anos e 6 meses de reclusão. Pois bem, como é de direito, manejado o recurso cabível para instância superior o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com sede em Porto Alegre, em tempo recorde, pouco mais de ano e meses, eis que a condenação de primeiro grau vem a ser confirmada pela 8ª Turma daquela Corte Federal e, pior ainda, com uma dosimetria aumentada de pena para 12 anos e um mês de reclusão, o que só vem mesmo a envergonhar essa enodoada Justiça Brasileira.
        Como advogado militante na casa dos 28 anos de profissão, tenho atuado muito na área penal e, durante todo esse tempo, nunca vi a Justiça julgar alguém com a rapidez com que foi o julgamento do ex-presidente Lula. Ora, além de não existirem provas cabais, induvidáveis e irrefutáveis do ponto de vista documental, bem como, testemunhas, que no ramo do Direito Penal, pela sua valoração é denominada a “prostituta das provas”, pelo voto escrito previamente e lido no dia do julgamento de lula naquela Corte de Segunda Instância da Justiça Federal da 4ª Região, o que mais foram valorizadas foram as provas testemunhais dadas por outras pessoas também acusadas no mesmo processo ou em outros com alguma ligação, em que para livrarem as suas caras, dizem o que bem querem e entendem, desde que possa sair ilesas. Aí há de se questionar, até que ponto no Direito, podem ser aproveitadas as provas que mais lhes convier e não as que carecem de fidedignidade com a realidade plausível da instrução processual? – Bem, outro questionamento é o porquê de em se tratando de um julgamento de apreciação de um caso por uma Turma Recursal, se pressupõe em primeira mão, discussão daquilo que vai ser colocado em julgamento. Então há de se indagar, por qual razão os desembargadores já vieram com os votos identicamente prontos, aonde foram tão-somente lidos e quase que praticamente um voto sendo control + C, control + V, se mudando apenas alguns conceitos e palavreados com o fito de não dar muito na cara, hein? – Parece-me estranho uma Turma de Juízes, que devem agir com isenção, ética e retidão no exercício para os cargos os quais ocupam, julgaram como juízes juridicamente dentro do que está no processo e na legislação e não, no sentido político buscando se dar um sentido jurídico, que na verdade não existiu desde o início do processo pela primeira instância, quando foi condenado. Outra questão que não sai da cabeça de pessoas mais conscientes deste país: Qual a razão da velocidade da luz, nesse julgamento do ex-presidente Lula? – O que existe por trás de tudo isso? – Uma conspiração arquitetada pela quadrilha que está no poder e pela elite podre deste país? – Existem muitas dúvidas que pairam no ar, que muitos dão resposta, porém nenhuma delas convencem as mentalidades mais conscientes deste Brasil insano que chegou a esse ponto!
      Agora, que os desfechos que se estão percebendo, com o manejo de recursos jurídicos que se têm em mãos, até mesmo um Heabeas Corpus Preventivo, foi negado pelo STF, o que não foi negado para Aécio e outros que fazem parte do status quo dominante da ocasião e que estão enturmados com os mandantes da Nação. Nas planícies, com exceção de alguns estados, se o sujeito for endinheirado, renomado, tenha algum lobby com poder de influência na Justiça, ainda consegue algum resultado positivo no pedido de um HC, porém quando se trato de um pobre de Jó, que nem na prisão deveria estar, milhares desses são negados. Aí há de se perguntar: estamos numa Justiça seletiva e em Tribunais de Exceção, em que o que vale para uns do ápice da pirâmide, não vale para quem está na base! – Que Justiça tacanha e vergonhosa essa nossa, hein, gente!
      Manejados todos os recursos possíveis, cujas apreciações estão sendo processadas com a mesma velocidade da luz, com certeza é questão de dias, de horas, a prisão do ex-presidente Lula, porque ele não se safará por ter optado, mesmo que tenha cometido erros dos quais jamais poderia ter se envolvido, pela população mais pobre e sofrida deste país e ter feito alianças com países mais carentes e necessitados do mundo. O pecado maior de Lula, não é ter participado de qualquer ato de corrupção ou de falcatrua, senão, os que estão no comando do poder, teriam perdido os seus mandatos e estariam apinhados na escorchante população carcerária de nosso país. Então outra razão inexiste para que um processo venha a ser julgado com rapidez da velocidade da luz, porque a gente ver processos sendo digeridos pelas traças nas prateleiras da Justiças, que distam dos anos de 1998, 1999, 2000, 2001 e anos seguintes, sem sequer chegando a se dar um impulso processual e muitos deles, prescrevem intercorrentemente e são obrigatoriamente extintos pelo decurso do lapso temporal que os engoliu pela morosidade e inépcia da Justiça. Por isso mesmo é que sempre digo, o Julgamento de Lula é uma farsa de um jogo político para tirá-lo de vez de vir a ser presidente da república novamente, porque com tudo que estão fazendo, ele ainda líder nas pesquisas de opinião.

         Na verdade muitos estão ansiosos, para pipocar fogos de artifício, fazer carreatas, movimentos de euforia, com a prisão de Lula, é isso que muitos insanos estão prontos e no aguardo de que essa Justiça Caolha venha a fazer mandando Lula para uma masmorra qualquer, pagar pelos crimes de ter dado pão ao pobre, escolar para quem queria aprender e de ter projetado esse país pelo mundo, esta é a razão maior para que Lula venha a ser encarcerado como um preso comum qualquer, ficando à mercê de que um dia a História venha a absolvê-lo de toda essa injustiça que estão fazendo contra um retirante nordestino que teve a ousadia de ser presidente do Brasil, ter ousado fazer a transposição do Rio São Francisco, porque isso só veio a contrariar muitos interesses de seitas, da elite e do capital nacional e internacional, que só querem viver de sugar um povo que está fadado a viver como manada de gado, esta é a razão maior de muitos querem ver o ex-presidente mofando numa cadeira ou numa masmorra medieval qualquer.