SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

sábado, 10 de outubro de 2015

O FIM DO MUNDO EM CHAMAS ARDENTES DE FOGO BRABO



   Nasci ouvindo essa ladainha de que o mundo está prestes a se acabar. Pois bem. Tinha medo disso. Pior é saber que seria colocado fogo nos quatro cantos do mundo. Morrer queimado? Eita gota serena! Iria doer pra danar. Arder a carne humana em chamas, brasas acesas e ir se dilacerando as peles e carnes aos poucos, era de lascar de dor mesmo, mas se assim fossem os desígnios de Deus, não tinha outra saída, era esperar que os quatro anjos do apocalipse viesse para colocar fogo mesmo no mundo e ver tudo arder em brasas infernais, porque a humanidade, desde àquela época, não merecia outra coisa, senão ser queimada viva.
  Com o desenvolvimento da humanidade, das pessoas, do modo de se viver, o fim de tudo isso que está aí, até que seria bem-vindo, para se recomeçar tudo de novo, como na época em que tudo, segundo a Bíblia, desapareceu em águas turbulentas de tempestades torrenciais, e só sobrou, quem foi escolhido à dedos para sobreviver na Arca de Noé, tendo ficado somente poucos viventes de cada espécie, para reiniciar tudo de novo.
  Acredito sinceramente, que o mundo está precisando disso. Tudo pelo visto, está errado. É uma minoria rica querendo mandar em todo mundo, querendo somente explorar de todas as formas os mais fracos e oprimidos. O sentimento humano acabou e a razão fria e calculista do capitalismo selvagem, é quem dá os rumos a serem seguidos. É uma praga que domina todos os viventes deste Planeta, que realmente não tem mais volta, então nada melhor que tudo desaparecer num abrir e fechar de olhos, e tudo sumir, se extinguir como num passe de mágica e sobrar alguns poucos seres vivos, para se poder recomeçar tudo do zero.
  Seria a reinvenção de tudo. Não haveria moradias, conforto, até mesmo o fogo teria que ser apagado, para vir a ser redescoberto e os poucos sobreviventes teriam que reaprender tudo novamente, para ver se a humanidade que viesse a surgir a partir de então seria diferente do que hoje somos. Não passamos de egocentristas hipócritas que só estamos olhando mesmo para os nossos próprios umbigos, sem direcionar o nosso olhar para a dor, o sofrimento e as necessidades que tanto afetam uma grande maioria absoluta do mundo.
  Num mundo em que apenas 1% dos viventes domina todas as riquezas que temos, quando sabemos que tudo que é produzido é com a força de todos, não dá para entender essa divisão concentrada apenas numa ínfima minoria da população mundial. Então minha gente, o melhor mesmo é esse mundão todo pegar fogo e ser novamente reinventado, diante da realidade atual em que vivemos.

Nenhum comentário: