SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

FERRAMENTAS IMPORTANTES DA INTERNET NAS ELEIÇÕES DESTE ANO



   À bem da verdade, não dá para mensurar até que ponto as ferramentas colocadas à disposição do povo, vão ser controladas nas eleições deste ano. Portais, páginas, mecanismos, ferramentas importantes foram criadas com uma velocidade impressionante, que qualquer coisa que acontece, já está na boca do povo. Hoje a gente pode notar que qualquer popular tem um celular e tendo este aparelhozinho em mãos, só se percebem pessoas agarradas a eles, clicando, se desligando do mundo e se comunicando através da palavra escrita ou falada e por isso mesmo, vai ser de grande importância nestas eleições municipais como nas demais que virão.
   Regulamentação legal dá para se acreditar que não vai ter, embora a Justiça Eleitoral venha a impor restrições, dificilmente ela terá controle sobre como limitar o uso de tais redes, portais, páginas ou navegadores. Ora, qualquer fato que ocorre, num abrir e fechar de olhos, está no WatsApp, logo depois, no Facebook e a partir daí, quem vai ter controle sobre postagens e publicações sobre quais assuntos venham a ser colocados nas redes que se espalham praticamente em tempo real do acontecimento. Importante também é que esses meios estão sendo utilizados de forma a levar mais informações aos interlocutores que se utilizam de tais ferramentas. O twitter, Instagran, embora não tanto utilizadas quanto os populares Facebook e WatsApp, mesmo assim são outras ferramentas, só que mais utilizadas por pessoas de uma classe social mais elevada, mas não deixa de ser ferramentas também importantes na área da computação e da internet.
     A questão a preocupar, é como vão ser utilizadas, como de fato já vem acontecendo, é o uso inadequado de tais ferramentas para difundir fatos distorcidos, irreais e alterados, como o intuito de prejudicar pessoas e isso de certa forma, vem acontecendo e na política, não vai deixar de acontecer, como fatos recentes, massivamente divulgados em municípios como Buíque, em que determinado fato é de conhecimento de toda a população e, sendo verdadeiros os fatos ou não, já está na boca do povo e no inconsciente coletivo, que de certa forma vem a fazer um juízo de valor e chegar até mesmo a prejudicar a vida privada de muitas pessoas e isso sim, deve ser combatido, embora jamais se terá controle sobre o uso de tais ferramentas dotadas pela modernidade do mundo e pelo avanço da ciência da computação no meio das comunicações.
    Ora, desde a invenção de telégrafo por Samuel Morse, no início do Século XVIII, que se comunicava através do denominado código Morse, vindo depois, o telefone, veio também dessa época, que foi uma invenção do italiano Antonio Santi Giuseppe Meucci, que tempos depois, vindo a residir nos Estados Unidos, vendeu a sua invenção a Alexander Graham Bell, que em 1876, patenteou a invenção como sua, quando na realidade não era. Antes os meios de comunicação utilizados, eram os pombos-correios, as tradicionais cartas escritas, que transportadas por meios de animais ou marítimos, à longas distâncias o que demandava grandes demoras, então no Século XVIII, invenções como telégrafo e o telefone, foi um grande avanço para a humanidade, porém era privilégio de poucos, somente a elite dominante tinha tais regalias.
    Somente quase que praticamente dois séculos depois, é que a ciência avançou fenomenalmente e, depois que o homem pisou na Lua pela primeira vez em 20 de julho de 1969, a partir da década de 90, os avanços nas ciências da computação, chegaram com uma velocidade inimaginável para a inteligência do homem e as mudanças em cima de mudanças são tantas que, quando menos se espera, já existe uma novidade no mercado, desse meio internetário das comunicações. É incrível que tudo isso venha acontecendo de forma tão veloz, mas é uma realidade da qual ninguém pode se afastar ou impedir.
   Os mais arcaicos, pode-se dizer, uma minoria, não faz ainda sequer uso do celular, mas trata-se de uma ínfima minoria mesmo, porque existem mais celulares hoje no Brasil do que a nossa população de mais de 200 milhões de habitantes. É extraordinária como essa mudança comportamental nos meios de comunicação vem acontecendo, daí nada mais útil do que essas ferramentas, para influir pessoas tanto positiva, quando negativamente, o que de certa forma, vem a representar um perigo, porque não existe privacidade, tampouco limites nesse meio internetário, por mais que marcos regulatórios, a lei venha a impor e nestas eleições que irão ocorrer no decurso deste ano, com certeza serão ferramentas de grande utilidade, inclusive como forma de fiscalizar práticas de corrupções desenfreadas pelos políticos, porque quem tem um celular, geralmente tem uma câmara que vai estar de olho em cada movimento de cada político picareta e, pego no flagrante, não há como desdizer ou questionar uma imagem, por mais que procurem maquiar, o que também é um perigo, certas imagens que divulgam nos meios internetários que dão muito o que falar e chegam a influir de verdade na formação de opiniões e no juízo de valor das pessoas, e aí é que mora o perigo. Mas olhando pelo lado positivo, que cada pessoa consciente saiba fazer uso de tais ferramentas para denunciar o que será praticado de errado pelos políticos picaretas pegos com a mão na botija, principalmente aqui em nossa terra, Buíque, que não deixa de ser um celeiro de práticas corruptivas há longas décadas.

Nenhum comentário: