SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

POR QUE FAZER O ERRADO, SE PODE FAZER O CERTO?


     Em quaisquer campos de atividades humanas, se tem geralmente, duas escolhas, fazer o certo, ou o errado, porque uma terceira via não existe. É o preto no branco e ponto final. No geral a natureza humana sempre está pendente para a segunda opção, que inexplicavelmente, ninguém sabe dizer o  porquê essa opção em se fazer o mal, quando qualquer um de nós pode perfeitamente fazer o bem e se seguir pelo caminho certo das opções que a vida oferece a cada ser humano vivente.
    Até parece uma doença crônica incurável, terminal que está incrustada na cabeça do ser humano para, de um modo geral, buscar seguir sempre pelo caminho errado e fazer tudo que está ao seu alcance em praticar, mesmo tendo ciência própria de que tudo aquilo é fruto de uma árvore envenenada e erro crasso e grosseiro. Não dá para entender até que ponto chega a ambição humana para sempre enveredar mais para práticas maléficas do que as benéficas que muito bem poderia desempenhar no caminhar da vida e, desta feita, ajudar os mais carentes e necessitados, que aumentam geometricamente mundo afora.
    Difícil explicar, muito menos justificar as razões que levam muitas pessoas a pensarem sempre nelas próprias do que propriamente, ao mesmo tempo, em outras pessoas, que à margem da miséria, da fome e das desgraças do dia a dia, precisam da ajuda de tantas pessoas que podem e deveriam perfeitamente ajudar uns aos outros, o que não ocorre neste meio social em que vivemos. Até parece que vivemos numa selva em constantes embates, no corpo à corpo, pela sobrevivência, como se vivêssemos nos digladiando numa cadeia alimentar ou produtiva, aonde quem pode o mais, pode o menos e a partir daí, vence sempre o mais forte ou maquiavélico, em termos de práticas antiéticas e contrárias ao mundo de condutas na conformidade com o que determinam alguns pactos sociais assumidos numa democracia política e juridicamente organizada.
    Bom seria que o mundo, a sociedade em que a gente vive, não fosse dessa maneira, mas pode durar anos a fio, que pouco será mudado, a não ser, que alguém de alguma forma, sempre saia ganhando, obtendo vantagem, mesmo que indevidamente ou a um alto preço contra outras pessoas e em detrimento destas, mas o ser humano, com tais ações, só demonstra cada vez mais, o tipo de animal tresloucado e irracional que ele é, e sempre foi para séculos sem fim amém!

Nenhum comentário: