QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

RECORDAÇÃO

DENIZE DINIZ*
Quantas vezes em sonhos de amores
Em desejos ardenters, eflúvios no ar
Diziam teu nome, falavam de flores
Fazendo sorrir, fazendo cantar

E no arco–íris dos sonhos, as cores
Suaves, mórbidas, como o apagar
Coloriam distantes, com dores
Pintando carentes, como a murmurar.

Os sonhos morreram, as flores secaram
Pétalas sem vida, apenas restaram
O brilho nos olhos se ofuscou

E hoje distante, sozinha, quem sou?
Almejo no tempo, encontrar meu amor
Vesti-me de sonhos, de rosas, de flor.


*Denise Diniz, buiquense da gema, Enfermeira e Poetisa, é a autora deste belo poema.

Um comentário:

heleno freire disse...

Prezados,
Esta Denize Diniz é a mesma que morou no Bairro da Madalena em Recife?
Grato,
helenofreire@bol.com.br