QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

A GENTE SEMPRE IMAGINA QUE NÃO VAI ULTRAPASSAR MAIS UMA BARREIRA DO TEMPO


A CRONOLOGIA DO TEMPO - Cronometricamente, o tempo é medido de acordo com o calendário que cada povo inventou e adotou. Assim foi que, para facilitar a contagem do tempo, o homem adotou o calendário cristão praticamente em todo o mundo, entretanto, em alguns povos, como os judeus, chineses e árabes, eles acrescentaram 11 minutos, havendo grande diferença entre a cronologia do tempo entre o povo chinês e, os muçulmanos, que tem como base o nascimento de Maomé e não de Cristo,  mas na verdade, tudo faz parte da mensuração temporal da linha da história do tempo, que de uma forma ou de outra deflui com o seu passar e nada fica para semente.

É ASSIM QUE CADA ANO É UM ATO DE HEROÍSMO - Nesse diapasão da corda do tempo, para cada ano que passa, o homem se regozija, comemora em face de ter vencido mais uma barreira com a passagem de mais um ano vivido, que na verdade num abrir e fechar de olhos o tempo se esvai como num passe de mágica e vamos sendo engolidos paulatinamente pela voracidade do tempo. Quando menos se espera estamos mais velhos, com os cabelos grisalhos, o corpo todo desfigurado e a face, que dantes era lisa e bela, vai se enchendo como por encanto de rugas e vamos aceitando aos poucos que a vida não é para sempre. Há um tempo limitativo para tudo que existe. O mais importante em todo esse processo de vida é encontrarmos a devida sabedoria para enfrentarmos as agruras da vida, coisa muito difícil de aceitação, mas pelas intempéries do tempo temos que aprender a ter o dom de aceitação que tudo que tem começo, tem meio e tem fim.

A GENTE NASCE, CRESCE, VIVE E MORRE  Praticamente a gente vem de uma pequena fagulha germinal, do nada, mas só o fato de nascer com vida já pode se dizer uma grande vitória, ou um início de sofrimento, pelo menos é isso que ocorre para muita gente. Pelo menos é isso que ocorre para muitos que nascem, vivem sem crescer e morrem sem querer. Se bem pensada a vida de cada um, as coisas poderiam ser bem diferentes, mas no decurso da vida, não que o homem já venha a nascer sendo mal, isso não, pois a maldade ele aprende com a sociedade, com os melefícios sociais, mas ninguém nasce bom ou ruim. Alguns estudiosos da criminologia da Idade Média, achavam que o criminoso já nascia com o genes característico da maldade, por isso mesmo era que se tornava cruel, perverso e insano. Pior é que tem gente moderna, estudiosos de ponta, ainda pensam dessa forma. Mas na verdade, acredito que não deve ser nada disso, pois como ver maldade em um recém-nascido, hem? - A maldade vem na medida em que o homem vai enveredando pelo caminho do mal e não necessariamente que ele venha ao mundo já dotado de maldades.

BEM E MAL, EXISTEM DESDE QUE O MUNDO É MUNDO - Esses adjetivos tão discutidos mundo afora, existem desde que o mundo é mundo. Nunca foi diferente. Acredito que mesmo na Idade da Pedra Lascada, os agrupamentos humanos que foram surgindo e deram origem às civilizações ditas modernas, viviam a se comer uns aos outros. A truculência sempre foi uma marca humana desde que o homem é homem. Acho que diferente nunca foi. O mundo sempre teve dois polos opostos, um do bem, outro do mal. Sempre foi assim e assim sempre será. É como se na verdade, o que veio primeiro foi o Céu, para depois vir o Inferno. O mundo celestial, representando sempre o bem e, o infernal, sempre o mal. E nessa luta de séculos sem fim amém, quem sairá vencedor diante de tanta beligerância a nos dominar, das sofisticação como se tornam e se criam as coisas, da velocidade com que os fatos acontecem, como prevê que o bem chegue a vencer verdadeiramente o mal, hem? - Como mudar tudo isso se o homem se torna cada vez insano e cruel?

A JUSTIFICATIVA É A IMAGINAÇÃO DA CRIAÇÃO -  Posso até está arredondamente enganado ou extremamente equivocado, mas dentro do meu ceticismo que teima em seguir a lógica, acho que muitas coisas são criadas pela imaginação do homem para poder justificar outras. Não dá para se acreditar em muitas coisas que procuram jogar na mente humana, à falta de muitas explicações lógicas para tudo que acontece. Sá dá para entender que de certa forma viemos de algum fator fenomênico que até hoje ninguém soube ou sabe explicar, justificar, nem dá uma lógica pontual como tudo neste mundo aconteceu. Só se sabe que de alguma forma, que não pode ter sido através de uma mágica, estamos aqui e que iremos ninguém sabe para onde. Fruto de Deus, é, pode ser! - É uma forma de se explicar, de se justificar, mesmo que ninguém saiba explicar a origem de absolutamente nada neste mundo. Ninguém sabe nem mesmo se veio primeiro o ovo ou a galinha, como explicar outras coisas de tamanha importância na vida de cada um de nós?

A LONGITUDE DE TUDO - A bem da verdade, não quero ser melhor, tampouco pior do que ninguém, mas ainda estamos muito longe de explicar, de justificar muitas coisas, apesar de termos vivido toda essa vida e de termos nos alongado na história por longos anos, mesmo assim, em muitos assuntos, ainda somos leigos e ignorantes, ou não? - Quem sabe explicar a lógica de muita coisa que acontece ao nosso redor, hem? - A não ser vagas ilações que muitas pessoas sábias fazem, assim mesmo, através de profundos estudos filosóficos, que sequer se tem certeza se estão politicamente corretas, o homem vai dando um quê de explicações para o seu nascimento, crescimento e morte. É assim, infelizmente, a minha visão de mundo, pois de outra forma, não tenho ainda esse poder de visibilidade. Que Deus me perdoe pelo meu ceticismo de vida e de mundo, pois não acredito em muitos coisas que procuram jogar de todo jeito para nós reles e pobres seres viventes, pois a longitude de tudo está muito distante de ser avistada por alguém da gente. Pode até muitos explicarem muitos fatos e acontecimentos, mas existem outros tantos que ainda merecem ser justificadas, ou não?

Nenhum comentário: