SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

terça-feira, 13 de outubro de 2015

DO QUE SÃO CAPAZES NOSSOS POLÍTICOS PARA EMBROMAR NOSSA GENTE HUMILDE


  Nos dias mais importantes de nosso calendário como nos dias dos pais, das mães, das crianças, na sexta-feira da paixão, entre outros, alguns de nossos políticos, que não se entenda tão-somente os daqui, mas de outros lugares também, fazem uso desses dias, para fazer expedientes de ordem política, principalmente em anos pré-eleitorais, como ocorreu ontem mesmo. Pior é que em anos anteriores, ninguém viu uma viva alma (será que político astucioso tem uma?), mas ontem mesmo, alguns desses animais malévolos, traiçoeiros feitos jumento ruins, que às vezes dá popa para todos os lados e pode sair de perto quem não quiser ser alvo de um machucão, saíram por aí fazendo política distribuindo brinquedos de quinta categoria, para posarem de bonzinhos. Pura hipocrisia em um ano sabidamente pré-eleitoral e, claro, então nada mais justo, do que enganar uma criança, buscando dar um presentinho pé de chinelo aqui, outro ali e tentar engabelar mais uma vez em um ano de eleição, afinal de contas, ano que vem, tem mais uma eleição e nada melhor do que se buscar enganar o nosso povo a troco de um presentinho chinfrim para engabelar mais uma vez o nosso povo ingênuo dando um reles pirulito para enganar mais uma criança.
 O que há de se perguntar é se realmente o povo vai se deixar enganar por tais manobras de pseudos beneficentes, caridosos de marré marré (para usar um termo do confrade William Porto), mas somente em um ano pré-eleitoral, porque nos três anos anteriores ninguém viu alma penada nenhuma saindo por aí distribuindo presentes de quinta categoria para à criançada. Melhor seria essa cambada não dá esse tipo de bandeirada, porque todo mundo está vendo que tudo não passa mesmo de uma manobra enganosa da suja política que tantos fazem questão de continuarem com esse joguete imoral em Buíque. Se isso fosse uma prática corriqueira, qualquer pessoa poderia querer ser a primeira a aplaudir, mas não! Por qual razão somente em ano pré-eleitoral? Vamos deixar de ser calhordas gente! Ninguém é mais tolo o suficiente para se deixar enganar por um presentinho merreca, que até pode prejudicar uma criança, de origem até duvidosa, quando é sabido que ano que vem tem mais um eleição.
 Mas como aqui, nos restringindo ao nosso próprio terreiro, até atentado que jamais aconteceu armaram, para dar um golpe no adversário se saindo como uma vítima que nunca existiu, fizerem, imaginem do que determinadas pessoas políticas maléficas, são capazes de fazer numa campanha eleitoral ou num ano pré-eleitoral. Distribuir brinquedos fajutos para à criançada, isso é o de menos. Agora que o muitos desses políticos não tem mesmo, é vergonha na cara e não ser, tão descarados assim, a ponto de chegarem a manipular até mesmos as crianças, indefesas que são, na tentativa de, ano que vem, angariarem o voto de pais de famílias e parentes, o que se acredita pouco difícil de se deixar enganar, em face da revolta em que nossa população se encontra a o atual estado de desgovernabilidade que campeia nos quatro cantos de Buíque.
 O que mais político gosta, é em anos pré-eleitorais e nos próprios anos de eleição, é beijar uma criança, colocá-la nos braços, só para aparecer bem no retrato; beijar uma mãe em seu dia, só para sair com um sorriso amarelado na propaganda política e dar um abraço de tamanduá no dia dos pais, para demonstrar a preocupação com à família, além do beija-mão de padre ou bispo, na sexta-feira da paixão, só para dizer que é cristão, sem nunca ter pisado numa igreja, o que nada disso corresponde com a realidade desses assaltantes e enganadores da consciência do povo. Ora, se ninguém faz isso no dia a dia da vida de cada um, por qual razão só aparecer em dias especiais e dando atenção, afagando o rosto, apalpando o corpo, dando um sorrido só para mostrar os dentes, tão-somente em anos pré-eleitorais ou nos anos de eleição, hem?
  Então minha gente, os daqui e dalhures, nesses momentos é que nosso povo precisa estar bem vigilante, para saber discernir o político pilantra, daquele que é reto, sério, honrado e honesto e digno do apoio e do voto de qualquer cidadão que se preza pelo seu município. Acreditar em quem é capaz de montar um ardil criminoso para se fazer de vítima, numa farsa previamente montada, como dar credibilidade à gente desse tipo, hem povo buiquense? – Por isso mesmo, há de se olhar e fazer bem a escolha entre o joio e o trigo numa campanha política, por que existe muito joio, muita erva daninha querendo tão-somente o voto do povo para que o destino de nossa gente continue envenenado, esta é a realidade dos fatos sem retoques.

Nenhum comentário: