SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

COLUNA BUÍQUE VIA IMPLICANTE TEM QUE SE IMPLICAR, PARA SE CONQUISTAR!



SE NÃO FOR IMPLICANTE, NADA SE CONSEGUIRÁ MANSA E PACIFICAMENTE!

BUÍQUE, TERRA ARRASADA – Para qualquer lugar que você se deslocar em Buíque, você vai se deparar sempre, com uma situação de abandono, de descaso, de desesperança, isso por que, essa terra se perdeu no tempo, na história, com os dirigentes políticos que vem aturando nos últimos anos. Eles só tem pensado mesmo nos seus próprios umbigos e o povo, sempre como massa de manobra, utilizado burramente para atender a interesses escusos, que não o coletivo. Por isso mesmo é que vivemos no caos e muitos fingem ou fazem de conta que não sabem.

AINDA VOTAR EM TRANQUEIRAS – Pior é o fato que se fica de boca aberta, pelo menos quem tem consciência, de que ainda tem gente pronta de mala e cuia, para votar nessa mesma tranqueira de sempre, responsável direta e indiretamente, pelo estado de calamidade a que Buíque chegou. Não dá para acreditar num povo que não reage, é submisso, não dá um pio e ainda fica agastado quando a realidade vem sendo demonstrada, mas esse tipo de gente não está nem aí para o restante da população. É como diz o dito popular: “se algo está sendo temporariamente bom para mim, o resto do mundo que se exploda (Buíque)”. Isso nada mais é do que uma maneira turva e irresponsável de buscar não ver as coisas a ponto que chegaram.

PRECISAMOS DE GENTE HONESTA – Existe ainda uma sobra, mesmo que pequena, de gente boa em Buíque e que merece a credibilidade de nossa população e que poderá dar uma outra feição à essa terra. Agora votar nessa mesma tranqueira de sempre, só vem a comprovar um atestado de quem nascido burro, ainda não saiu do aprendizado do alfabeto.

CRISE BRADA MESMO! – É um fato notório, a questão de que a crise está braba mesmo. Quem mais vem sentido o preço da gasolina a quase 4 reais o litro, e uma cerveja nessa média também, está chiando pra danar. Realmente o acocho é grande e quem sente mais, é grande parte do comércio e de leva de empreendimentos do mesmo porte, mas os pequenos, acostumados com as durezas da vida, talvez nem tanto. Quem se acostumou a viver com um salário mínimo ou com a bolsa-família, não sofre muito com os efeitos da crise. A crise atual pode afetar mais esse nicho social, mas em época pretéritas, o que existia de verdade, era miséria mesma, ainda bem mais braba. Claro que ninguém quer viver em crises, mas destas, pelo que dá para se entender, nunca deixaram de existir, esta é a realidade.

A EMBOLADA DA POLÍTICA – O atual gestor buiquense, que imagina querer agir igual a um ex-prefeito da região, em Buíque, pelo visto ainda não encontrou um laranja ou testa de ferro, suficientemente apto para enfrentar uma batalha política e garantir que será apenas um boneco no poder para dar continuidade a ser seu fiel serviçal de seus próprios interesses. Há de se ressaltar, que Buíque não é esse nosso vizinho, e, se ele apoiar Miriam Briano, como ora diz que apóia, ora que não, com toda certeza no outro dia, levará um pé na bunda, porque como sempre foi independente, dificilmente se curvará aos caprichos de alguém para servir de cachorrinha de balaio ou de capacho. Agora, se o candidato for seu primo e compadre, Sossó, ele poderá estar mais moldado para esse tipo de boneco que ele deseja manipular e continuar dando as cartas no poder de Buíque. Pela movimentação política de Buíque, poderá haver ainda muitas surpresas, mas que a coisa está difícil para quem for o candidato da situação, disse não se tem a menor dúvida. Que o diga a voz do povo buiquense!

PODE NÃO SAIR O NOVO OU O IDEAL, MAS A SURPRESA PODE VIR DE UMA TERCEIRA VIA – Não é coisa que aconteça sempre em nosso município, eleger uma terceira via, que por mais que se gaste, em face da polarização das campanhas políticas de Buíque, em apenas dois lados, dificilmente se conseguiu até agora se emplacar uma terceira via, sendo um tabu na política local. Mas como as coisas estão de mal a pior, tanto do lado oficial, quanto do outro lado do muro que é da mesma carniça, uma terceira via, se souber fazer uma boa campanha, que venha a esclarecer nosso povo de que não só representa, mas de que se trata da mudança de verdade, poder-se-á se ter pela primeira vez, uma vitória de uma terceira via, que poder ser uma autêntica oposição de verdade, ou o mesmo meio-termo de sempre, mas que dá para se acreditar que algo possa vir a ser mudado nessa podridão em que Buíque vive atolado até o pescoço!

Nenhum comentário: