SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

NADA MAIS JUSTO DO QUE A DOAÇÃO DE UM TERRENO PARA CONSTRUÇÃO DA SEDE DE NOSSA ACADEMIA BUIQUENSE DE LETRAS E DAS ARTES – ABLA OU A CONCESSÃO DE UM PRÉDIO PÚBLICO EM COMODATO, POR QUE NÃO?!




  Reconheço a importância da maçonaria ao longo da história, principalmente nos movimentos sociais que ajudou na luta contra à tirania na Idade Média, no processo de lutas e pela Independência do Brasil e, claro, do trabalho da APAE, voltado para a causa de pessoas deficientes, que tem sido um trabalho digo e exemplar, sem falar também na doação de um terreno público municipal para construção do prédio do INSS, desde o ano de 2009.
  Pois bem, essas três instituições, independentemente de política, conseguiram sem maiores problemas, terrenos doados pelo município, com a aprovação da Câmara Municipal Vereadores, para construções de suas sedes e de uma agência do INSS. Não querendo imitar nenhuma dessas instituições, mas toma, tampouco as finalidades e as formas de condução de tais processos, e sequer questionando tais doações, mas a cultura também, com todo respeito e independentemente de política de A, B, C ou D, merece da mesma forma, ser contemplada com idêntica doação dos tantos terrenos que não se prestam para nada, a não ser em muitos casos, foco de ocupações irregulares, para construir a sua sede e vir finalmente a colocar em prática os seus propósitos, que se voltam para o desenvolvimento e projetos culturais para toda a nossa gente, o nosso povo de um modo geral.
   Sabemos de sã consciência do potencial cultural que temos e nem sempre, o poder público, vem preenchendo essa lacuna cultural de nossa terra, restando, destarte, à uma instituição do porte da nossa, privada, porém de interesse público, consoante lei votada por unanimidade pela Câmara de Vereadores de Buíque, no dia 25 de agosto deste ano, então nada mais justo do que a contemplação de um terreno público, ou então, para que a cultura permaneça ao lado do acerco cultural de nossa cidade, da Biblioteca Municipal Graciliano Ramos, a doação ou cessão em comodato, do prédio onde funcionava a Delegacia de Polícia Civil desta cidade, após a sua regular recuperação, para que possamos levar adiante nossos projetos culturais e termos a nossa sede de reuniões e de desenvolvimento de atividades artístico-culturais em nossa terra.
   Neste ano, ao completarmos um ano de existência, em 23.10.2015, no ato festivo de comemoração, prestamos contas do que durante esse curto espaço de tempo, buscamos fazer em termos de cultura em Buíque. Lançamentos projetos voltados para à nossa população, a exemplo de Cultura na Feira, Cultura nos Bairros, em que procuramos levar à cultura diretamente para o nosso povo; fizemos a campanha de DOE UM LIVRO, para arrecadação de livros para formação de nossa biblioteca, trouxemos um escritor para fazer uma palestra no mês de julho deste ano, além de havermos lançado o Projeto Academia nas Escolas, que estamos desenvolvendo e pretendemos levar adiante, vários projetos culturais que se tem em mente, para implantação no ano que vem, a exemplo de publicação de uma revista cultural, implantação de uma Escola de Música para crianças e pessoas carentes, incentivo à leitura de nosso município, abrir concursos literários, conseguir meios para publicação de livros de nossos talentos, da mesma forma, ajudar as iniciativas de arte popular, principalmente o artesanato, a pintura, com os talentos que temos, além de várias outras atividades voltadas exclusivamente para à nossa cultura buiquense.
   Por isso mesmo, nada mais justo do que a doação de um terreno ou a concessão em comodato, de uma sede pronta, a exemplo do prédio vizinho à Biblioteca Graciliano Ramos, que não está se prestando para absolutamente nada, para que assim, possamos desenvolver nossas atividades culturais e ajudarmos a fortalecer a nossa cultura, descobrindo, incentivando novos valores e ajudarmos muita gente que precisa tão-somente de um pequeno empurrão para seguir em frente com os seus próprios pés. Esperamos, pois, contar com a apoio político do qual precisamos para conquistarmos mais essa batalha, independentemente, repito, de que lado se encontre à política, como foi feito com a doação dos citados terrenos acima.
  Então minha gente, a partir deste momento, está lançada à campanha de DOE UM TERRENO OU A CONCESSÃO DE UM PRÉDIO PÚBLICO EM COMODATO PARA A NOSSA ABLA, para se construir ou servir de sede para a nossa ACADEMIA DE LETRAS E DAS ARTES, a nossa CULTURA só tem a crescer e nosso BUÍQUE ENGRANDECER, e quem sai ganhando com essa iniciativa, é o nosso próprio povo.

Nenhum comentário: