SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

domingo, 29 de novembro de 2015

ESPAÇO POEMANDO - O DIA SAGRADO DA POESIA DOMINGUEIRA



NO TEU CORPO SEDENTO DE DESEJOS


No teu corpo de mulher
Tão meigo, dócil e sedoso
Mergulhava sequioso de desejos,
E quanto mais o beijava, o tateava subliminarmente
Minha ânsia, meu ensejo aumentando minha tensão
Sempre em abundante tesão e mais tesão!
Como se fora uma reza, uma oração
Quantos devaneios sensitivos de emoção
Vividos tão intensamente
De gozos, de ternura e de prazer
E de tantos gemidos, grunhidos nas tuas curvas
Convidativas ao verdadeiro amor e à paixão,
Que quanto tudo se apagava num lapso de prazer
Num tempo infinitesimal de puro gozo a ir ao céu
Vinha o doce mel da coroação
Do que tanto se imaginava amor com devoção.
Mas tudo não passava de momentos
Meramente de intensa atração
Que no mundo real da vida
Tudo vinha a se esvair na imensidão
E nada daquela ofegante e louca paixão
Amor de verdade jamais existiu,
E tudo assim se acaba em lembranças intensas,
De momentos intensos que vivi
Com uma loucura momentânea qualquer
Só vindo mesmo a confundir e infernizar minha vida,
Que tristemente logo após a nos buscar não mais olhar
Quando em momentos de gozo, prazer e paixão
Tudo fora uma grande emoção
Que fluía a mais pura devoção ao teu corpo de mulher
E amavas intensamente com amor e devoção
Àquele corpo tão suave, doce, esbelto e cheiroso
De perfume de uma verdadeira fêmea mulher
Que não passava de um pesadelo que em minha vida
Só me fez mesmo foi fazer sofrer de um amor e de uma paixão
Que jamais foi minha de verdade
Só mesmo em momentos de gozo, de prazer e de paixão
Em corpos ligados, atados intensamente
Somente para se chegar ao ápice máximo
De gozar com prazer e se lambuzar de paixão...

Nenhum comentário: