SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

O QUE SE É CAPAZ DE PENSAR, ANTES MESMO DE SE TER A CERTEZA, PORQUE SE DEIXOU LEVAR PELO QUE VIU E OUVIU PELOS MEIOS MIDIÁTICOS DE COMUNICAÇÃO!



     Quando a gente está engajada de alguma forma, nesse meio em que se vive, de tudo se pode ver. Ao longo de minha vida, já vi muitas mentiras se tornarem verdade e estas, virarem mentiras escabrosas. Como se sabe, quando uma mentira é reprisada por repetidas vezes, termina por se tornar como se fora verdadeira e isto de certa forma, já chegou, e tem prejudicado a vida de muita gente, razão pela qual, cada informação que se recebe, se deve ser muito bem criteriosa nas avaliações que a gente deve fazer.
     A pior coisa na vida de alguém, é cair negativamente na opinião pública e, a partir de então, mesmo não tendo lá essa culpa no cartório, passar a ser motivo de críticas virulentas, de chachotices, de violências psíquica, podendo até mesmo se chegar às vias de fato e isso, com agressões físicas, e isso tem destruído a vida de muita gente. Pode até ser que muitas pessoas tenham realmente alguma espécie de culpabilidade, mas nem tanto, quanto à mídia procura triturar a conduta e a moral de determinadas pessoas, como se foram elas, as piores do mundo. Quando se chega a acontecer isso, dificilmente quem não está envolvido e de uma hora para outra, de alguma forma, se vê inserido involuntariamente por alguma razão, para se recuperar a imagem perdida, é coisa meio difícil. A gente vê muito isso no boca à boca de nossas próprias cidades, no disse-me-disse.
    Os meios midiáticos que constroem, contribuem de alguma forma para fazer uma boa imagem de alguém, são os mesmos que impiedosamente destroem sem sequer dar maiores explicações e isso tem sido uma praga epidêmica em nosso país no momento atual em que vivemos. O interessante é que existe uma mídia seletiva, em que maculam impiedosamente determinadas pessoas e deixam outras, que deveriam se encontrar no mesmo barco que àquelas, de foram, como se fossem santinhos do pau-oco.
   Por isso mesmo, com tantos meios de comunicação, os mais avançados possíveis, e que podem destruir a imagem de alguém assim num flash de luz, quando algo de negativo cai em qualquer espécie de meio midiático, a desgraça está feita, os danos já estão causados e, recuperar é a coisa mais difícil deste mundo. Quem de um a hora para outra, se vê por alguma razão envolvido em algum problema de qualquer ordem que venha a denegrir a sua imagem e que, por isso mesmo, venha a cair nos meios midiáticos, se pode dizer que já estará condenado por antecipação, principalmente se pesar alguma acusação de prática antijurídica, culpável e punível para o mundo jurídico. Basta ser até o peso de acusação de um reles crime comum, que pode se tornar num grande crime, quando a mídia quer criar um fato novo para deixar perplexa à população.
    Em todos esses anos de minha vida, a imprensa de um modo geral, sempre foi de alguma forma, destrutiva, degenerativa, isso quando quer destruir alguém ou ideias. Isso, claro, não é de hoje. A propagação, seja ela positiva ou negativa, sempre foi a alma do negócio, e se for para ser destrutiva, aí sim, ela chegar a fazer o pior dos estragos na imagem de alguém, quer venha a ser pessoa física ou jurídica. A pessoa física, geralmente, quando se trata de pessoa pública, está bem mais vulnerável e, pelas condutas que muitas dessas pessoas adotam, com certeza o fazem por merecer. Agora convenhamos, existem muitas que entram no mesmo barco pura e simplesmente, como meros bodes-expiatórios, esta é a verdade. Já no campo de pessoa jurídica, a questão é por dominação econômica e de poder de um nicho econômico de interesse de quem tem mais poder.
  Por isso mesmo, tudo que jogam nos meios televisivos, radiofônicos, na imprensa escrita e, na que tem maior alcance no momento, que são a internet, as redes sociais, todo cuidado é pouco na avaliação de tudo que jogam para à população. Curtir, compartilhar, comentar algo tão-somente baseado numa postagem ou publicação, que sequer se sabe ao certo da origem, se deve ter muito cuidado. Na verdade, o que a gente vem percebendo, é justamente a mudança de opiniões de muita gente, que antes tinha uma visão, mas basta que a mídia jogue uma opinião verdadeira ou mesmo verossímil, que o sujeito já passa a ter uma conduta e uma opinião diferente sobre fatos e pessoas e isso no meu entender, é um perigo para o destino de nosso país. A questão é a seguinte: não devemos nos deixar levar sempre pelo canto da sereia, pelas verdades-mentiras, meias-verdades, ou que seja mesmo verdade, mas que se deixe que se confirmem as verdades, para que, uma mentira não venha a ser tida como verdade e esta, como uma mentira. Acaso não agirmos dessa forma de também termos a inteligência de selecionarmos e fazer de forma correta os nossos próprios juízos de valores, aonde será que vamos parar com tantas informações que os meios midiáticos mentirosos nos fazem engolir no dia a dia da vida de cada um da gente?

Nenhum comentário: