SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

ESTAMOS NUM NEVOEIRO DE UMA POLÍTICA CINZENTA EM BUÍQUE, AONDE O SUJO NÃO PODE FALAR DO MAL LAVADO


 
   Em todas as campanhas políticas de Buíque, já se está acostumado a se ver, que sempre ficam se digladiando para um lado, para outro, na possibilidade de uma nova opção que possa ser o diferencial, entre o sujo e o mal lavado, que sempre se termina por se quedar para uma dessas vertentes, que na verdade ambos de passam de paus sujos de galinheiros.
        Acredito que está mais do que na hora de se acabar com essa dicotomia, entre um grupo de A e outro grupo de B, polarizando sempre a nossa política, o que não tem sido bom para ninguém, que sempre vem tendo prejuízos enormes, fruto de descasos que ambos são responsáveis pelas mazelas e o atraso desastroso de nosso município. Acaso durante esses últimos anos, se tivesse até sido eleita Rita de Zé de Né, já seria uma mudança diferenciada, que embora viesse a ser a mesma forma da política na praxe, mas pelo menos teria se saído desses dois cordões, tanto o encarnado, quando o amarelo ou azul.
   A pisada, pelo visto, nessa política que se avizinha, é uma só e pelos movimentos que estão fervilhando por aí, se pode perceber, que a tendência é sempre se ficar entre esses tais dois grupos, que representam o atraso, a má gestão, a mistura fina intencional do público com o privado e, se assim o for e continuar, vamos permanecer na mesma pisada e o atraso e subdesenvolvimento buiquenses vão permanecer de mal a pior.
   Ora, receber o apoio de quem por três mandatos nada fez por Buíque, não tem sequer uma obra de vulto que venha a dignificar o seu nome em nossa história, depois de estar envolvido na política buiquense desde 1982, a mim me parece se passar uma outorga de burrice ao povo buiquense para quem vier a ou ter o apoio desse grupo e se por acaso, chegar a eleger alguém a este ligado, nada poderá mudar de rumo; de outra sorte, o lado que está aí montado no poder, ora ondulando entre o amarelo, ora entre o azul, não dá para continuar, porque de tanto descer à lenha no pau de galinheiro anterior, está agindo com mais sede no pote, do que àquele que era chamado o “rei das fazendas e do gado do Maranhão”, porque o atual gestor, depois de dizer que ia governar para o povo de Buíque, está fazendo o mesmo piorado, que seu antecessor fez, então como é que um pau de galinheiro tão ou mais sujo do que o anterior, pode ter moral para apoiar ninguém que venha a dignificar e melhorar a vida do povo buiquense como um todo, hem? – Será que a linha não será a mesma dessa bagaceira com a qual nos deparamos no momento?
  Ter o apoio de qualquer um dos dois, não é lá muito positivo não senhor! Melhor sair numa candidatura solo ou se assumir como oposição de verdade, buscando fazer uma pregação dentro da lógica, da moralidade e em nome da honestidade perdida em Buíque, para tentar se emplacar de vez essa reca de políticos salafrários e hipócritas e de quebra, acabar de vez com essa polarização política de que Buíque, que fica se revezando entre o cordão encarnado e o amarelo. Quando é que o povo de Buíque vai chegar a perceber que nenhum desses grupos tem a devida responsabilidade para continuar dando as cartas políticas em Buíque, hem minha gente?!
   São decisões que compete ao povo, que venal que é, se deixa levar sempre pelo conto do vigário ou o canto da sereia de políticos que já tem no sangue o DNA da corrupção e isso, não tem sido nada bom para o desenvolvimento de nossa terra. Se tivéssemos nesses últimos trinta anos, pelo menos dois prefeitos honestos, posso garantir com toda certeza que nosso Buíque era outro, em termos de desenvolvimento, mas a continuar nessa mesma ladainha de sempre, será como a cantiga da perua: “de pior a pior”. Está mais do que na hora de se buscar numa terceira via, numa forma diferenciada de se fazer política, o que realmente pode vir a ser a verdadeira mudança para Buíque, senão nada será possível se fazer e a esperança, podem acreditar, estará perdida mais uma vez, porque quem já viu o sujo falar do mal lavado, hem minha gente?! – Tem que se dá o devido crédito de confiança, em quem moral e coragem de mostrar o podre de ambos, esta é a realidade nua e crua que percebo diante de meus olhos.

Nenhum comentário: