SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

sábado, 26 de dezembro de 2015

TODOS TEMOS O DIREITO SAGRADO DE OPINAR LIVREMENTE


     Pouco importa ou não, ser censurado por alguém, quando de minhas próprias opiniões, afinal de contas, temos a garantia constitucional e da própria condição de seres humanos, de opinar e falar o que bem quiser e entender livremente.
     Isso é válido quando na verdade, a gente vive num país em que predomina a expressão do “livre pensar é só pensar”, por essa razão, que em nosso país, depois de mais de vinte e um anos de escuridão, ou bem ou mal, ainda assim, podemos externar livremente as nossas opiniões. Agradar ou não eis a questão! – Também não sou de buscar polemizar com opiniões contrárias, mesmo que radicalmente não concorde com elas, mas dentro de meu espírito democrático, me vejo na injunção de aceitá-las, mas sem a obrigatoriedade de praticar o que os outros praticam.
     Muitos às vezes, chegam a dizer que “política, religião e futebol”, não se discute. Na verdade é que o mais se discute e em determinados casos, se pode chegar até mesmo, às vias de fato, o que jamais deveria acontecer se acaso acontecem discussões desse naipe num determinado nível de civilidade. Comigo isso não há de acontecer. Se for no face e a intransigência persistir, melhor a gente bloquear, como em determinadas circunstâncias, quando venho a perceber a inconveniência de meu interlocutor, então parto para essa medida brusca, mas isso dificilmente acontece, mas não sou de aguentar determinadas hipocrisias, idiotices e tolices de determinadas pessoas.
   Sou de respeitar também, embora muitos possam imaginar diferente, todos os credos religiosos, opções de vida de cada um e a torcida do time do coração de quem quer que seja. Na questão de futebol, aí é que não discuto mesmo, porque nem de jogo do Brasil tenho lá essa paixão. Futebol em minha vida, tanto faz como tanto fez. Noutros assuntos, pela ligação com a política e o social, tenho participação inafastável, porque sempre convivi diretamente com tais meios de organização e mobilização humanas.
    Tenho minhas próprias opiniões e sei que posso também questionar outras, afinal de contas, quem na verdade está certo ou errado diante de tantas contradições próprias da humanidade como um todo, hem minha gente? – Agora defendo, como sempre defendi, com unhas e dentes o que acredito, respeitando, claro, em muitos casos contestando, o posicionamento com o qual discordo, porque não me vejo na obrigação de aceitar ponto de vista filosófico de ninguém, porque busco seguir os meus próprios e dentro de minha própria visão de ver o mundo, é assim que penso e imagino, dentro de minhas limitações democráticas do “livre pensar é só pensar”.

Nenhum comentário: