SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

MUITOS SÓ VEEM MESMO O QUE LHES CONVENIENTE FOR



    Cada ser humano de um modo geral, tem o seu próprio modo de ver as coisas. Alguns buscam ver além do que está à sua volta; outros só veem mesmo o que acha que a sua retina ocular acreditar ser o real e, outros mais, procuram ver o que não está ao alcance dos próprios olhos, buscando fantasiar o que não existe, fazendo de conta que está diante de uma realidade palpável, quando na verdade, o que está em sua volta ou à sua frente, não passam de meras miragens ou visões fantasiosas.
   Sinceramente, é o que muitos procuram visualizar aqui mesmo em Buíque. Alguns buscam dentro de uma realidade visível e palpável, ver o que de fato existe e é realizado; algumas outras pessoas, por alguma ordem de conveniência pessoal, dão uma nova visão ao que está claramente visível, mas dão um colorido diferente e pessoas outras, estão vendo o que a visão realmente mostra, mas fazem questão de se omitirem, certamente para não se comprometerem, ou por alguma razão, estarem recebendo alguma “merreca” de indevida vantagem ou um cala-boca para não demonstrar a realidade do que realmente está posto diretamente diante de seu olhar.
  O que tenho a dizer, é que não sou e jamais serei o dono da verdade, também tenho as minhas próprias, que podem ou não ser contestáveis, isso porque ninguém é infalível a ponto de estar certo ou de dizer que tem palavra de rei, mas de homem, sei que palavra tenho e não sou de arredar o pé de meus princípios, por quem quer que seja. Se estou vendo que alguma coisa não está bem, se algo anda errado, não tenho de forma alguma como permanecer calado, omisso, porque não fui forjado para ter uma visão de mundo de aceitar tudo que querem nos jogar e, de forma omissa, tudo aceitar com a boca fechada, esperando a morte chegar, isso jamais. Não é de hoje que sou assim. Vem de longas datas, desde tenra idade, quando comecei a me entender de gente. Não gosto de ser feito de tolo, besta ou idiota, porque isso, não vou ou de aceitar de forma alguma.
   A gente que tem uma visão crítica de mundo, do ponto de vista filosófico, não pode jamais ver tão-somente o que querem que a gente veja. Tem que se ir bem além da visão, se aprofundar detalhadamente, para buscar ver a realidade dos fatos sem retoques, e não meramente, àquilo que nos jogam e querem que a gente tenha uma visão colorida do que está à nossa frente, quando na verdade, tudo não passa de um velho filme produzido ainda em preto e branco. É assim que em comunidades como a nossa, querem nos fazer ver as coisas e eu não sou de ver nada em preto e branco. A realidade de minha visão está bem acima do que se imagina, não querendo com isso, ser mais de que ninguém, tampouco o dono da verdade, mas não abro mão de meus princípios políticos e filosóficos de vida, pois tudo isto é na verdade a razão de meu viver, o cimento de construção de minha vida. Nada disso posso mais mudar em minha vida. A palavra omissão, nunca busquei desta, fazer uso no meu dicionário, para ser mais uma pessoa que a tudo ver e observa e faz de conta que não está vendo, distorcendo e buscando mostrar uma outra realidade, quando na verdade, estamos diante de uma monstruosidade surrealista à frente de nossos próprios olhos.

Nenhum comentário: