SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

CANDIDATURAS A CANDIDATOS AO CARGO DE PRIMEIRO MANDATÁRIO DE BUÍQUE, VÃO SE DEFININDO E DAQUI PARA FINAL DE ABRIL, NO MÁXIMO, DÁ PARA SE ACREDITAR QUE OS PALCOS ESTARÃO DETERMINADOS PARA IRMOS À LUTA



    Na política de Buíque, desde que se finda uma campanha política, já está se pensando em num nome para a próxima disputa. Sempre foi assim e acredito que vai perdurar ainda por muito tempo. São muitos vais-e-vens até que aos poucos os nomes vão se definindo. Nas últimas políticas, em que pese a existência de poucos ou quase nenhum nomes merecedores de ocuparem o cargo de primeiro mandatário em nosso município, da mesma forma para às cadeiras de vereadores, o povo com essa negociata de voto à troco de mixaria ou de bananas, a escolha por esta razão, só tem recaído nos piores nomes, indignos e imorais para nos representar e sequer, de um modo geral, tínhamos nomes sérios, honrados e honestos a ser escolhidos. Vinha sendo um pior de que o outro e razão nos sobrando ou não, a verdade é que temos que dá uma guinada política pelo avesso, para mudar de verdade esse lado negro de nossa política.
   No novo cenário estão aparecendo novos nomes que prometem ser o diferencial da política buiquense, não porque só exista uma ou duas pessoas capazes de ocupar o cargo de primeiro mandatário de nossa municipalidade, mas os que mais reúnem condições tem que aglomerar em torno de si, pessoas de bem, honradas, honestas, éticas e responsáveis, para poder modificar esse câncer político que foi implantado em Buíque nessas últimas três décadas e isso, apesar da resistência sem fundamento de alguns que não sabem ao certo o verdadeiro significado da política, devem acordar para que Buíque não continue nessa pisada da política girar sempre em torno de políticos que sempre estiveram inseridos na política do eixo do mal. Ou a gente muda, ou muda. Não existe outra alternativa para nossa terra e o destino de nosso povo, senão a velha cantiga da perua do “pior a pior”, ainda vai continuar.
    Dar continuidade a tudo isso, do jeito em que se encontra, é não ter a mínima responsabilidade para com os problemas que anos à fio vem se acumulando em nossa terra e isso não pode continuar de jeito nenhum. Temos, principalmente as cabeças pensantes deste município, que tem moral e credibilidade, nos juntamos ao lado daquelas pessoas que estão dentro do que podemos chamar da política do eixo do bem, para podermos implementar as mudanças em todos os campos de atividade humana, para que reconquistemos as dignidade e honras perdidas, em face de só termos colocado no poder políticos descomprometidos com o nosso povo e que só tem drenado em benefício próprio os benefícios e recursos destinados à melhorias e desenvolvimento de nossa própria gente e por isso mesmo, é que nos encontramos completamente abandonados e desestruturados psicológica e materialmente, sem nenhuma prestação de serviços públicos de qualidade para atender o mínimo possível o nosso povo mais sofrido e carente e disso, consciências deveremos ter para barrar de vez essas aves de rapinas que desejam se perpetuarem ou voltar ao comando do poder de mando em nosso município.
    Buíque precisa de uma nova gestão que não somente pareça ser honesta, mas que seja honesta de verdade, transparente, diligente e sempre no meio de nosso povo, para poder perseguir, buscar atingirmos patamares melhores de qualidade de vida e disso, não podemos em hipótese alguma, abrir mão, pois senão, estaremos nos imiscuindo nas mesmas políticas degenerativas de sempre e nossa terra não merece ser mais tão maltratada quanto vem sendo nesses últimos trinta anos. Pensem bem e reflitam sobre o que está se buscando demonstrar nesta oportunidade. A razão maior sempre tem que ser Buíque, acima de qualquer interesse localizado ou de projeto pessoal ou particular de quem quer que seja. Estamos do lado do EIXO DA POLÍTICA DO BEM, e disso não vamos nos afastar de forma alguma.

Nenhum comentário: