SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quinta-feira, 14 de abril de 2016

A PARTIR DO MOMENTO QUE A CRISE BRASILEIRA COMEÇOU A SE APROFUNDAR, OS GOLPISTAS VIRAM A HORA EXATA PARA APLICAÇÃO DESSE GOLPE DE ESTADO NO BRASIL!



     Mundo afora, pelo que se tem conhecimento, crises nos mais diversos países, existem aos montes. Dificilmente um país existe dentro de um contexto real, sem alguma espécie de crise, da mesma forma, sem a nefasta corrupção, isso por que, esta não foi inventada na atualidade, é fato fenomênico social desde que o ser humano passou a ser civilizado e, se acaso se adentrar na história, vai se perceber, que desde os primórdios iniciais da formação social, que, guardadas as proporções, sempre existirem crises, sempre existiram práticas corruptivas.
    A crise brasileira atual, é apenas uma dentre tantas pelas quais já se passou. O diferencial do momento é que, a partir de um determinado momento propício, alguns dos agentes políticos da nação, mancomunados com parcela da elite podre deste país, do judiciário, viram o momento exato para aprofundar ainda mais a crise e aplicar um golpe, não mediram esforços e procuraram meios inidôneos ou não, para aprofundaram ainda mais a crise econômica, para de quebra, levar o país a uma ainda maior crise política, sem sequer imaginar nas consequências da economia brasileira, no emprego do pai e da mãe de famílias, o que quiseram mesmo, foi tornar a crise piorada para chegarem ao ponto ideal de aplicarem o golpe e foi o que fizeram e o país agonizante, dividido, que se exploda, que eles não estão nem aí.
     Foi aí que tendo como chefe do golpe o vice-presidente Michel Temer, como seu pau-mandado, Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados (só no Brasil, um acusado de crime, ocupa um cargo dessa magnitude) e a partir de então, com o aprofundamento da crise, veio o golpe do impeachment, para apear do poder, quem foi eleita democrática e legitimamente pelo voto popular, com mais de cinquenta por cento da maioria dos votos de nosso povo. Acaso quisessem mudar de regime, que arrancassem o presidencialismo e colocassem o parlamentarismo, que aí sim, a qualquer momento, num instante de desconfiança de qualquer mandatário, poder-se-ia se convocar novas eleições, mas não, deram o golpe, insistem neste, principalmente uma cambada de políticos sem-vergonha na cara, para depois, trocar seis por meia dúzia e formarem um governo de faz-de-conta, sem sequer se dar ao tamanho da crise, que a fizeram se aprofundar no país. Sinceramente, estamos numa arena política de malfeitores, não de políticos sérios, porque a maioria, com toda certeza não é, e jamais o será.
     Não dá para acreditar que fato dessa natureza esteja a abalar mais uma vez a nossa ainda incipiente democracia, porque para esses políticos irresponsáveis, o que interessa mesmo, é este país pegar fogo e o povo que se dane, esta é verdade que se pode vislumbrar no momento para o nosso querido Brasil. Há de se esperar que esse golpe não venha à galope, passe desapercebido e não tenha uma resposta à altura, porque o país foi divido por essa elite paulista, juntado-se a esta, uma parte do coronelismo de paletó de outras partes do país, da pior estirpe e querem levar mesmo de verdade à nação à bancarrota. Não dá para acreditar se ver ainda tanta gente que criticava a corrupção de um lado, agora a defende de outro. Banda podre do país, esta parte de nossa sociedade, inescrupulosa, hipócrita e imbecil, porque outra adjetivação não se pode ofertar.
      Fosse o Brasil um país formado por políticos sérios, primeiramente se teria feito a formação de um pacto para se procurar resolver os problemas da crise, que terminou por se aprofundar cada vez mais, em face da política do quanto pior melhor e vejam aí a que ponto chegou o nosso país, com um risco iminente de uma guerra civil, porque no que se pode perceber, de uma forma ou de outra, isso não vai ficar dessa forma que esses políticos picaretas estão buscando fazer, fisiologicamente cada um só vendo o seu lado próprio, menos o mais importante de todos, que é o Brasil.

Nenhum comentário: