SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

domingo, 17 de abril de 2016

É HOJE O DIA “D” DE QUEM TEM CONSCIÊNCIA, VOTAR CONTRA O GOLPE E, DAQUELES QUE SÃO A FAVOR DO QUANTO PIOR, MELHOR, VOTAREM PELO IMPEACHMENT!



         Amanheci hoje, com a angústia que vem me perseguindo nesses últimos dias. Além de angustiado com a situação, estou apreensivo com o destino de meu país, de correr o risco de ter hoje um desfecho imprevisível e desembocar numa situação institucional ainda mais gravosa do que se encontra. A angústia, acredito, deve atingir não só a mim, mas a milhares, milhões de brasileiros que se preocupam, como eu, com o destino de nosso Brasil, principalmente quando o vemos à beira do abismo e que, neste pode cair inexoravelmente de vez e o levar a rumos imprevisíveis, porque quando a nau está à deriva, ninguém sabe em que porto ela pode chegar. Assim é o nosso Brasil no momento atual.
    Dói-me ver que num processo constitucional de impeachment, aonde tentam alijar uma chefe de governo e de estado, em que tudo não passa de fruto de uma farsa, de um golpe, para justificadamente, de forma enviesada, se chegar aos fins colimados por algumas pessoas sem mácula, sem caráter e que só querem mesmo é atingir o poder pelo poder, sem sequer pensarem no destino e futuro de nosso país e de sua gente. Mas o pior mesmo, é imaginar que quem vai presidir esse julgamento, é um deputado federal, presidente da Câmara, Eduardo Cunha, envolvido em escândalos e em processos por lavagem de dinheiro surrupiado do país para paraísos fiscais, além de mais de duzentos deputados que estão da mesma forma envolvidos criminalmente em algum tipo de falcatrua e de práticas de corrupção, o que só vem a envergonhar ainda mais a imagem do país a nível internacional e a nós próprios brasileiros de consciência e isso, representa o mau-caratismo de tais “pseudos-julgadores”, principalmente de uma presidente da república, que conduzindo este Brasil num segundo mandamento, não responde a nenhum processo ou acusação por apropriação indébita de dinheiro oriundo dos cofres públicos da União.
     Claro e evidente, que ninguém é inocente a ponto de não saber, que no enorme leque da paquidérmica máquina administração da União, existem várias frentes de ações governamentais, de onde se pode manipular o erário de tal maneira, que quando se vem a saber, o rombo já é incomensurável, mas em muitos casos, ou o governante central sabe, como direito de sabe o tem, como da mesma forma, pode saber ou quanto vem a ter conhecimento, já não se pode fazer muita coisa, a não ser, punir os culpados como manda a lei, como de fato vem ocorrendo em nosso país, em que nos últimos tempos, muita gente que sequer se imaginava inatingível, está sendo presa. Agora resta que se prenda não somente o pessoal que delinqüe, comete crimes e só pertence a um lado político. A justiça para ser isenta e justa, tem que atacar em todas as frentes de corrupção e punir de verdade quem for culpado comprovadamente. Dizer por dizer que alguém é responsável, culpado por isso ou por àquilo, isso nada quer dizer. A verdade para comprovação da culpabilidade, tem que ser dentro do devido processo legal, com a devida ampla defesa e isso no Brasil está sendo motivo de distorções escabrosas por parte do Judiciário, que de certa forma, tem grande parcela de responsabilidade pela situação em que se encontram desmanteladas as nossas instituição e até com o seu próprio envolvimento. Outro órgão institucional importante a nos envergonhar também, foi a OAB, que na contramão da história, tomou uma posição eqüidistante da legalidade e dos interesses populares.
      Esse golpe que se pretende dar, não provém propriamente de um crime propriamente dito, mas de uma possível irregularidade contábil, que não se constitui em crime, praticada pela presidente Dilma Rousseff e que, noutros momentos outros governantes praticaram da mesma forma, além de que, vários governadores e prefeitos praticam da mesma forma diuturnamente, como se fora uma prática contábil normal na movimentação financeira do erário previsto no orçamento, e isso ninguém nunca disse que era errado, a não ser um parecer mal intencionado do TCU, justamente para dar aso para que políticos tendenciosos e golpistas disso se aproveitassem para tomar como pano de fundo e buscar enquadrar no art. 85 da Constituição Federal e, a partir de então emplacar esse execrável e malfadado processo e terminar por aprofundar a crise de nosso país, que de econômica, passou a ser também, política.
       Por esse razão, no dia de hoje, como milhões de brasileiro, espero que essa farsa não prospere, porque senão, estará sendo oficializado de vez, a picaretagem política, em que um julgamento dessa envergadura, será consumado por uma horda de ladrões, em que como fez Pilatos, quando na condenação entre Jesus Cristo e um ladrão, o povo optou por escolher o ladrão. É assim que será visto pela história o nosso país, acaso venha a passar esse golpe previamente calculado e anunciado por quartelada parlamentar de políticos salafrários, cabras safados, corruptos e ladrões, lideradas pelo ladrão-mor, Eduardo Cunha, em formação de quadrilha com o vice que quer assumir, o almofadinha, Michel Temer. É esta a minha realidade, a angústia que pulsa em meu coração, em ver a possibilidade de nosso país, vir a ser governado e tomado por essa quadrilha que se formou para conspirar contra uma presidente legitimada pelo voto popular e democraticamente eleita por 54 milhões de votos de nosso povo, razão pela qual, espero que o GOLPE NÃO PASSE E QUE, A LADROAGEM POLÍTICA, NÃO VENÇA A ÉTICA QUE PULSA NO CORAÇÃO DOS POUCOS POLÍTICOS QUE AINDA RESTAM E QUE TEM VERGONHA NA CARA!

Nenhum comentário: