SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

domingo, 26 de junho de 2016

FICO PÊ DA VIDA, QUANDO OUÇO TIRADAS DESSE TIPO: SOU CIDADÃO BRASILEIRO, PAGO MEUS IMPOSTOS EM DIA, POR ISSO SOU HONESTO? – UMA OVA, NINGUÉM É HONESTO NESTE PAÍS!



  Sou muitas vezes chamado de curto e grosso. Em determinadas circunstâncias sou mesmo, por que não aguento ouvir ou ler, determinadas pessoas chegarem a dizer lá de dentro de seu pseudo-ego de honestidade: “é sou uma pessoa honesta, vivo de meus próprios esforços, pago meus impostos em dia” e por isso mesmo, é que devo exigir instituições sérias e honestas! – Que honestidade porra nenhuma, caceta! – Todos nós brasileiros somos corruptos por natureza. Desde o nascimento até à morte, que até o caixão, alguém da família que vai comprar manda superfaturar para na prestação de contas perante à família, levar uma casquinha do defunto. Ao nascer, na compra de fraldas, da mesma forma sequer pede à nota fiscal. Então, quem está sendo honesto, quem morreu ou quem nasceu? – Mesmo não tendo ciência de suas existências, os seus precursores no primeiro caso e os que vão cuidar do bebê no segundo, já terminam e começam roubando da sociedade. Então que pagar imposto e ser honesto coisíssima nenhuma, caralho!
     É assim mesmo, no grosso e deselegante modo de expressão, porque já estou pê da vida de ver e ter que observar essas falsas ladainhas da boca de tantos corruptos. Existem comerciantes ou empresários mesmos, e isso é em qualquer lugar, que bradam nos peitos: é, sou um cidadão de bem, pago meus impostos em dia, por isso mesmo, tenho o sagrado direito de exigir o mesmo das instituições. Que moral tem esses ricaços, grandes empresários ou mesmo o dono de uma barraquinha para dizer que é honesto e pagam seus impostos e obrigações em dia? – Não tem porra nenhuma! – Explico: primeiramente, posso dizer sem medo de errar, todo empresário tem fórmulas contábeis, só se for o jeito mesmo, de recolher o devido ao fisco, em cima de 40 a 50% do faturamento. Se alguém chegar a 70%, já se pode dizer honesto, porque todos, indistintamente, sonegam, além de ter uma penca deles que enriquecem não por desforço próprio, mas sim, por adquirirem produtos oriundos de cargas roubadas, principalmente de mercadorias que dificilmente serão identificadas como produtos do roubo e depois esse pessoal vir de público e dizer que são honestos e que pagam os seus impostos em dia!? – Só quem paga impostos mesmo corretamente, é quem é assalariado e aí, se não encontrar uma fuga, o imposto de renda já vem descontado na fonte, mas se encontrar, na declaração ele dribla o fisco.
    A gente observa muitas riquezas aflorando assim do nada, sem maiores explicações. Como é que pode, hein? – Quem pode explicar? – Ganhar na loteria, existem alguns que dizem que ganharam, para justificar a súbita riqueza que aparece assim de repente como num passe de mágica. Ora, minha gente, vamos deixar de ser idiotas! - Na verdade, todos nós, sem exceções, somos corruptos por natureza. Até mesmo uma caixa de fósforo que se compra na budega da esquina sem nota fiscal, você já está sonegando o fisco. Então que ninguém venha me falar em honestidade. Por isso mesmo a gente está metido nesse fosso de ladrões em todos as instituições brasileiras, porque na verdade, quem as comanda são justamente o espelho dessa sociedade autofágica e corrupta, que está se autodestruindo a si mesma!
  Uma das coisas mais interessante nesse jogo de sonegação fiscal, é justamente a compra de uma carrada de açúcar, por exemplo, para o Estado de Pernambuco e expede a nota para uma empresa fantasma no Estado do Ceará. E aí, quem se lascou? – Ora, o Estado onde a mercadoria foi descarregada, que perdeu a sua parte no fisco, que deveria ficar no Estado onde ficou a mercadoria. Além disso, existem as inúmeras cargas roubadas de mercadorias que não tem um chip ou uma marca que a identifique, como é que se vai identificar se uma mercadoria foi roubada ou não? – Do restante, a contabilidade trata de mascarar, apesar da coisa está se tornando mais sofisticada com a aparição da computação com mais intensidade, a partir de 1990, mesmo assim, a sonegação fiscal no Brasil ainda é maior do que a arrecadação, como no centro, sem dó nem piedade.
     Outra malandragem do patronato em cidades de médios e menores portes, é anotar na CTPS do trabalhador um salário e pagar a metade. Aí é que é de lascar, por que nessa falta de emprego em na atualidade, muitos se veem obrigados e se submeterem a esse tipo de coisa, a ficar sem ganhar absolutamente nada. Por isso mesmo é que o empresariado adora essa tal de economia de mercado, a filosofia do neoliberalismo, mesmo sem saber direito o significado, mas todos querem ficar livres, inclusive de obrigações sociais que religiosamente deveriam pagar de seus empregados, mas isso não acontece, querem justamente manter a mesma Casa Grande e a Senzala, é isso que a classe dominante corrupta deseja, esta é a verdade, sem esquecer, que no bojo da questão como um todo, todos nós somos corruptos graças a Deus!

Nenhum comentário: