SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

sexta-feira, 10 de junho de 2016

NÃO PODEMOS SER E FAZER O QUE NÃO PODEMOS E NÃO DEVEMOS, PORQUE A VIDA NÃO SUPORTA TUDO QUE IMAGINAMOS QUE ELA POSSA SUPORTAR



     A gente dá aso, de um modo geral, ao quer queremos fazer, porém nem tudo que pretendemos realizar, temos a capacidade de cumprir. Por isso mesmo, por uma razão ou outra, devemos sempre impor um freio de arrumação em nossa vida, para que nem tudo que achamos que devemos fazer, venhamos a fazer de verdade.
       Na vida da gente, vivemos de limitações. Existem coisas que a gente tem vontade de fazer, mas não podemos nos sentir na obrigação de fazer, porque nem sempre devemos fazer o que queremos. A vida impõe limites a muitas coisas e enquanto vivermos, não podemos fazer tudo que nos dá vontade ou que vem à nossa mente. Somos humanos e como tais, temos os nossos limites. Vivemos uma vida regrada por um ordenamento de limitações, mesmo que fisiológicas, porque o nosso organismo não suporta tudo que queremos que o organismo venha a suportar. Exageramos em muitas coisas na vida, mesmo sabendo que não podemos passar de um certo limite.
    Controlar tudo que queremos, é uma questão de consciência, coisa que nem sempre temos, mas é chegado um momento em que temos que nos controlar em muitas coisas que fazemos e não podemos fazer, porque podemos cair nas armadilhas da vida e termos um acidente de percurso que nem sempre estamos preparados ou esperamos. Por essa razão, é que a gente tem que pensar mais naquilo que podemos e no que não podemos fazer, porque senão, o inesperado ou até esperado mesmo, pode fatalmente acontecer e aí, já não podemos retroceder jamais, porque da imutabilidade de um ato da vida, a gente não pode mais voltar atrás, esta é a realidade nua e crua.

Nenhum comentário: