SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

terça-feira, 14 de junho de 2016

REDES SOCIAIS, ARMAS PARA INTRIGAS, BRIGAS E INIMIZADES, É ASSIM QUE MUITOS ENCARAM!?



      Quando a política começa, os ânimos das pessoas, começam a arrefecer, principalmente nas redes sociais, com trocas de farpas indevidas tanto de um lado, quanto de outro. Quando não existiam essas redes, as discussões ou brigas, eram na base do tête-à-tête, podendo até mesmo chegar às vias de fato, o que era lamentável. Infelizmente, as brigas nas redes sociais se limitam somente a troca de farpas, mas em muitos casos, não deixa de ser incômodo ou incoveniente, porque muitas pessoas tem acesso ao conteúdo do comentário, opinião que se emite com relação a alguém, a maioria sem fundo de lógica ou só mesmo com o intuito de denegrir a imagem de alguém. Quando a pessoa é pública, tudo bem, porque a sua vida é diurturnamente esmiuçada, quando não, é praticamente um desrespeito abominável e condenável na maioria das vezes, porque se emite em muitos casos, um juízo de valor sobre alguém, que não corresponde à realidade e isso também, pode terminar numa briga pessoal.
       Certo que em grande parte, as pessoas emitem opiniões sem o menor sentido, sem ter conhecimento de causa, só pelo fato de ouvi dizer e a partir daí, dá uma opinião que nada tem a ver com a personalidade ou a conduta da pessoa e isso, é extremamente perigoso e errado, porque num encontro qualquer, pode da mesma forma, se chegar às vias de fato, por uma opinião postada ou publicada, que não condiz com o que a pessoa é ou com a sua conduta. Então minha gente, quando se for emitir uma opinião nas redes sociais, todo cuidado é pouco, para não trocar os pés pelas mãos e ninguém é uma coisa qualquer para ser exposto ao bel prazer de quem quer que seja, só para agradar o seu senhor, quando na realidade, pode entrar numa roubada, e quem primeiro tira o corpo fora, é justamente àquela pessoa que você procurou agradar com bajulações indevidas, através de ataques injuriosos, caluniosos e difamatórios. Então gente, cada qual que emitir uma opinião, deve ter o máximo cuidado ou ter muita propriedade naquilo que vai emitir uma opinião ou fazer um juízo de valor.
       Constitucionalmente, a intimidade, a vida privada, são invioláveis, sendo uma coisa muito melindrosa para se tratar numa rede social qualquer. Por essa razão, todo cuidado é pouco para, querendo agradar o seu senhor, vir a se prejudicar com um processo na justiça, o que não é nada agradável vir a responder a um processo, no mínimo, por calúnia, injúria ou difamação ou os três tipos ao mesmo tempo. A gente não deve esquentar a cabeça, mas tem alguns "meninos ou meninas" de recados, que nos fazem ficar enraivecidos mesmos e aí, em muitos casos, só dar vontade de soltar o verbo de forma virulenta e impiedosamente, mas é aí que deve entrar o fator controle, porque se a gente perder a ternura, pode arrumar uma baita de uma confusão. Só digo que, ninguém brinque com rede social porque poderá perfeitamente vir a ser prejudicado, tando do ponto de vista criminal, quanto num provável reparo civil e para isso, a justiça tem agido.
         O interessante, é que muita gente entra no meio de conversas bilaterais, dar pitaco indevido, busca denegrir a imagem de determinada pessoa, opinar sobre o que não tem domínio, e aí o bicho começa a pegar e quando menos se espera, a melhor opção mesma, é bloquear essa incoveniência e excluir de sua rede, no meu entender é a melhor  saída. Se alguém estiver sendo incoveniente na sua rede social, então que o retire logo, antes que você perca a serenidade, a paciência e passar a soltar cobras e lagartos, muitos dos quais, indevidos, tão-somente por algum motivo de uma explosão momentânea, em cima de uma postagem ou publicação que não se gostou. Então minha gente, em casos assim, o melhor mesmo é bloquear inconveniências de sua rede social, porque senão se pode passar dos limites, sobretudo num momento político turbulento como o que estamos passando.
         As redes sociais foram criadas, não com o intuito de afastar as pessoas, mas sim, de aproximá-las, mesmo que estejam distantes, com troca de conversas, de bates-papos e de se aumentar o leque de amizades por todas as partes do mundo e isso, a meu ver, embora virtualmente, é muito importante, já que os tempos das amizades, das conversações de pé de ouvidos, das aproximações familiares, já ficou enterrado no passado não muito distante, esta é realidade que vivemos no momento presente. Rodinhas de futriqueiros, fofoqueiros, levas-e-trás, aqui mesmo em Buíque, nunca deixaram de existir e quem o disse isso, foi Gracialiano Ramos, quando em 1892, entrou em Buíque, na boquinha da noite, quando percebeu várias rodinhas de pessoas, em volta de uma fogueira, falando da vida alheia, fazendo fofocas e jogando conversa para fora. Foi isso que ele perceber e está escrito no seu livro Infância. Essas conversas no mundo pós-moderenista, não mais existem, mas era bem melhor se conversar diretamente com as pessoas, do que a milhares de quilômetros, em tempo real, com alguém que está lá do lado do outro mundo.        

Nenhum comentário: