SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

domingo, 4 de setembro de 2016

A VIDA É FEITA DE MÁGOAS E TRISTEZAS, MAS NEM POR ISSO DEVEMOS PERDER A TERNURA


      Cada vez fico mais convicto, que ninguém está obrigado a fazer, ou deixar de fazer o que não quer ou pretende. Nem mesmo em virtude da lei, porque se alguém deseja contrariar os ditames legais, não tem quem empate e o sujeito entra no trem da bagaceira e aí, não tem quem dê jeito. Acredito que só mesmo a consciência do sujeito ou o Deus da Bondade.
      Quando a gente não se engana com muitas pessoas que estão ou se dizem bem próximas da gente, hein!? – Não conto
às vezes, porque são infindáveis! – Mas a vida é assim mesma, recheada de altos e baixos. Quanto mais a gente imagina em acreditar em alguém, mais você está se aproximando de uma grande decepção em sua vida, esta é a verdade. E só for em questões políticas, aí sim, é que o bicho pega mesmo, porque infelizmente, muitos ainda preferem ser vendidos ou comprados pelo dinheiro, do que dar um voto de confiança a quem sempre esteve próximo de determinada pessoa. Mas tudo bem, traição, quer venha à galope ou feito tartaruga, de um modo geral, tende sempre a tardar, mas nunca falha!
     Nunca fui de trair ninguém em minha vida. Acredito até, que meus filhos, irmãos e irmãs, são as únicas pérolas, pessoas que posso confiar de verdade e eis que, existem filhos que traem os pais, irmãos da mesma forma e isso, não pode ser a coisa mais degradante moralmente que pode existir na vida de alguém.
    Não fiz mais pelos meus, porque infelizmente não pude fazer, porque a vontade incontida no meu peito foi sempre fazer o melhor de mim, tanto para meus filhos, quanto para os familiares mais distantes e até mesmo, aderentes, por mais ingratos que tenham sido, mas meu lema de vida, sempre foi o de fazer o bem, sem olhar a quem.
     A gente às vezes se engana muito com as pessoas e isso nos dói do fundo d’alma, mas tudo bem, se os desígnios da vida me plantaram essa carga pesada, terei que carregá-la até o fim, mas jamais abdicarei de ser essa pessoa, mesmo com os erros que possa ter cometido, porque sou humano, serei sempre essa pessoa que fui na vida, ora compreendido por alguns, ora por poucos, ora por nenhum. É o peso do viver, camaradas! – Quem na vida não foi magoado, ficou triste, cabisbaixo, quase arquejando, que atire a primeira pedra!

Nenhum comentário: