SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

A GENTE TEM QUE IR DE ACORDO COM A CORRENTEZA, SENÃO PODERÁ SER TRAGADO POR ELA


        Ora nunca se ouviu dizer alguém, por exemplo,  nadar contra à correnteza ou um barco cheio de pessoas, ir contra esta, senão poderá virar e todos se afundaram nas águas, a não ser os que sabem nadar, estes sim, poderão vir a ser salvos, caso contrário, todos padecerão.
       É assim a lei que rege a natureza da vida, também adaptável a convivência social e política, neste mundo selvagem em que vivemos. Agamenon Magalhães, interventor de Pernambuco na ditadura Vargas da década de 40, já dizia que: “para o amigos tudo; aos inimigos, à lei”. Numa simples frase ele sintetizou tudo o que significa em termos de convivência política entre aliados e adversários. Aos amigos as benesses do poder; aos inimigos, as masmorras das prisões. A frase atribuída a essa raposa política há mais de 7 décadas, é atualíssima. Não há distinção entre o que ele disse e o que ocorre na prática nos dias atuais.
       Isso é uma praga que está ainda incrustada na cabeça medievalista de nosso povo, até os dias atuais. Existe muita gente que mentalmente ainda não teve o devido reconhecimento de que estamos vivendo num mundo completamente diferente de 70 ou de 500 anos passados, mas de que, a mentalidade de muitos de nossos compatriotas ainda é a mesma coisa, disto não tenho a menor dúvida. Ainda se praticam formas e modos colonialistas, medievais e de lá de mais de sete décadas passadas, porque a mentalidade foi passando no sangue das oligarquias ao longo dos anos e pior, é que, pelo visto, o nosso povo também, ainda absorve mansa e passivamente da mesma forma, como se fossem reles serviçais. É assim mesma linha de pensamento, a questão de nossa política de hoje na prática, ou será diferente?
       Gente, tudo se faz nesse país e ninguém diz nada, pô! – Fico pê da vida com o que venho observando e não dá para aguentar. Às vezes dá vontade mesma de explodir de tanta revolta e indignação, de ver que a sociedade brasileira mudou, digamos não só a brasileira, mas mundial também, somente nos adereços, nas vestimentas, nos modos de agir e tratar, porém na questão de práticas dominadoras entre dominantes e dominados, em nada mudou. O que existem são meras máscaras de um passado escravagista e dominador, que dificilmente sairá da mentalidade do povo para mudar de verdade esse mundo denominado de pós-modernista, que permanece da mesma forma, cruel e covarde para com os mais frágeis, fracos ou fragilizados. Só para se ter uma ideia, observem a mentalidade do candidato presidencial republicano dos Estados Unidos, Donald Trump, para se ter uma ideia dessa mentalidade medieval e colonialista.
       Não dá para entender, tampouco é possível se suportar tudo isso sem chiar não senhor! – Mas se não andar de acordo com a correnteza, com toda certeza você afogará, seu barco afundará e, se não souber nadar, fatalmente perecerá. É assim que é o nosso mundo atual, principalmente o nosso Brasil das temeridades.

Nenhum comentário: