QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

HÁ COISA PIOR DO QUE ENGOLIR SEM CUSPIR, TUDO QUE UM GOVERNANTE ILEGÍTIMO E UM POR CENTO DOS RICOS DO BRASIL, QUEREM IMPOR À MAIORIA DO POVO BRASILEIRO?


    É triste mas  é a mais pura realidade esta que se está vivendo no momento. Lamentavelmente, sem maiores detalhes ou esclarecimentos à população, foi aprovada no Senado Federal, a PEC 55, por 61 votos a favor e 14 contra, que congela investimentos em vários setores sociais e o salário mínimo, por cerca de 20 anos. Será que isso vai dar certo mesmo? - Em que varinha do condão eles, os lentes do governo golpista, se basearam para montar essa engrenagem, que de forma mágica, vai fazer nosso país nadar num mar de calmaria, como se tudo não dependesse de uma economia volátil a nível mundial, em que essas engrenagens estão obrigatoriamente interligadas, por interesses comuns do mundo capitalista, então como é que se medida dessa natureza nunca se tomou em país nenhum do mundo, vai dar certo no Brasil? - E o futuro de nossos filhos, netos e os que virão, hein!? - Na verdade, trata-se mesmo de conversa pra boi dormir.
     Essa medida extrema, que a apelidaram de PEC da morte, porque é completamente imprevisível os seus resultados que vão trazer para a economia brasileira, no campo de setores essenciais, como educação, saúde, assistência social, e sobretudo no salário mínimo, que poderá representar até lá, daqui a vinte anos, a metade do que representa hoje, poderá trazer consequências trágicas para a nossa população mais pobre, porque é essa parcela do povo que vai pagar a conta. Ora, se essa PEC não mexe nos um por cento dos ricos, nada tira deles, não taxa grandes fotunas, dos grandes empreendimentos, dos bancos, como é que medida desse envergadura poderá dar resultados positivos?
      Não se trata de ser economista, porque a bem da verdade, essa categoria, em termos de previsão da volatilidade econômica no Brasil e no mundo, é a que mais erra em suas adivinhações, porque a economia não depende muito de previsões em dados estatísticos, de gráficos ou da ficção, mas sim, do momento de como funcionam as variáveis econômicas em todo o mundo, que de certa forma, com essa economia globalizada, afeta todo o Planeta que está ligado ao mundo capitalista e, de certa forma, sem essa ligação, não há como os países sobreviverem, a não ser uma minoria, que tem autonomia própria.
  A questão focada é mais em cima da peça orçamentária anual, que dizem que sempre se trabalhou em cima de previsões fictícias, mas afinal de contas, o que é previsibilidade senão uma possível criação do que poderá acontecer ou não! - Então minha gente, a peça orçamentária, seja de qual ente federativo for, será sempre uma peça de ficção que poderá ser realizada ou não, a depender, há de se repetir, da volatilidade da economia e das arredações de dinheiro aos cofres públicos. Se o país entrar em rota de maré mansa, tudo bem, senão a vaca vai pro bejo e dificilmente se voltará ao caminho da calmaria.
     Pior nessa Sessão do Senado ontem, foi ouvir os discursos servis dos senadores governistas, que a pretexto de defenderem os interesses de quem eles representam ou a troco do toma-lá-dá-cá, era uma vergonha, seus argumentos sem pé e nem cabeça, para explicar essa medida de congelamento de início de desmonte do estado, isso porque, o restante fica para daqui a pouco, principalmente nas questões da Previdência Social, da CLT e da desnacionalização de nossa economia, tudo isto, em nome de seus senhores, desse governante ilegítimo e de um por cento dos ricos deste país.
       Sinceramente, se tem um Congresso Nacional, que dá nojo, envergonha quem tem consciência em suas escolhas, porque quem vendeu o voto para eleger grande maioria deles, não tem do que reclamar, mas sim, aguentar que o fumo entre, por mais grosso que seja, esta é a verdade nua e crua. Agora há de se indagar, e agora, paneleiros de uma figa, que pretendem vocês fazer, se também serão atingidos em cheio com essas medidas. Apesar de ainda se ter uma minoria não venal na seara desses representantes, mas não é o bastante e suficiente para barrar essas transformações para pior de nosso querido Brasil. A gente precisaria de no mínimo, uns dez Fidéis Castro, para ajeitar essa porra desse país!    

Nenhum comentário: