QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

domingo, 27 de novembro de 2016

O LANÇAMENTO DO LIVRO DA POETISA BUIQUENSE, MÁRCIA MARINA, "EU VERSO, TU POESIA", ONTEM NA POUSADA SANTOS, FOI UM GRANDIOSO SUCESSO!


       Ontem, no lançamento do livro da poetisa, Márcia Marina, houve um grande sucesso de público, o que se pode concluir, que a cada ano que passa, com lançamentos a cada anuais de mais um trabalho literário, de que nossa terra está evoluindo em termos de pessoas interessadas em eventos cultuarais dessa natureza, o que só vem mesmo a nos deixar regozijados por tamanha evolução na cabeça de nossa gente, que deve sim, cada vez mais, enveredar pelo caminho da sabedoria, da cultura, das letras e das artes, principalmente os que têm talento para criar e, as pessoas aprenderem o hábito de ler. Adquirir uma obra literária de alguém e jogar numa estante qualquer tão-somente para ficar coberta de poeira, não é de agrado de autor nenhum. Ora, se não vai ler a obra de um autor porque é daqui mesmo, então melhor seria, não adquirir o trabalho, porque a gente só se sente satisfeito, quando o nosso trabalho é reconhecimento, como pude sentir de que o trabalho de Márcia Marina, com certeza será um sucesso, como bem deu a entender em seu lançamento no dia de ontem à noite.
     No mesmo lugar, sentado numa cadeira, bem à frente de nossa escritora e poetisa, quando de sua prelação, imaginava eu: "é, ano passado foi a minha vez de ter lançado o meu quarto livro e o primeiro do gênero "poesias", intitulado "CHAMAS TORRENCIAIS DE MINH'ALMA", que não se trata de poesias do mesmo estilo, porque cada escritor tem o seu próprio, mas foi também um livro de poesias e, como todo poeta ou poetisa, o poema tem que sair bem de dentro de seus mais belos e puros sentimentos e Márcia, traduziu tudo isso muito bem em seu primeiro livro de poesias.
       Houve presente um grande número de pessoas, o que só vem cada vez mais a estimular o trabalho de quem escreve. Geralmente, já tive minhas próprias experiências, comentava com Paulo Tarciso, de lançamentos de livros, aonde se acaso comparecer uma dúzia de pessoas, já fica de bom tamanho, mas ontem não! - Foi realmente uma noite de autógrafos grandiosa no lançamento do livro dessa nossa grande poetisa buiquense. Existem muitas outras, a exemplo de Denise Diniz, Irivanize Albuquerque, entre outras possoas anônimas até, que também deveriam marcar as suas presenças e mostrar ao público os seus primorosos trabalhos na arte de escrever, pricipalmente a poesia, que não é nada fácil a criatividade e o nascimento de cada poesia e, na publicação de um livro, seja de qual gênero for, é como se fora o nascimento de mais um filho das próprias entranhas de nós mesmos.
      O pior entrave são as dificuldades com as quais nos deparamos, quando queremos construir um trabalho à duras penas, e não conseguimos porque não encontramos quem nos patrocine. Dinheiro do setor público tem à vontade, agora para favorecer os grandes, artistas até que nada merecem, mas mesmo assim, são beneficiados com o dinheiro que deveria incentivar o artista iniciante, as artes e a cultura de cada lugar, a exemplo de Buíque, que nesses últimos tempos ninguém tem dado a menor importância para a nossa cultura. Apenas fazem de conta para gastar o que é destinado à cultura, mas esse dinheiro nunca aparece e, acredito que essa faceta tem que mudar, sem quem for que venha a nos governar, tanto a nível municipal, quanto estadual ou federal. A cultura de nosso município pede socorro.
      Espero continuar dando minha contribuição, como sempre o fiz, elevando o nome de Buíque e, em determinados momentos, me sinto até escanteado, rejeitado, porque não se percebe ninguém valorizando o que você busca fazer com amor, dedicação e por algum feito primoroso no campo da cultura e da arte, mas se não existe reconhecimento, não há como se ir adiante. Mesmo assim, ainda cheguei, junto com alguns companheiros, a fundar a ACADEMIA BUIQUESE DE LETRAS E DAS ARTES - ABLA, que este ano praticamente deu uma pausa, em face de ser ano político, mas ano que vem, vamos procurar na medida do possível, fazê-la funcionar de verdade como deveria ser e em cima do trabalho que vínhamos desenvolvendo, levando cultura ao nosso povo e incentivando nossos artistas locais. 
      Espero pois, que o livro de Márcia Marina, EU VERSO, TU POESIA, venha a ser um grande sucesso de público e de vendagens, para que ela possa vir a editar mais edições, é esse o meu desejo e da ABLA. Meus sinceros parabéns, Márcia Marina, "não a Clarice Lispector, ou a Cora Coralina, mas simplesmente a grandiosa, nossa Márcia Marina"!

Nenhum comentário: