SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

sábado, 19 de novembro de 2016

QUE AS PRISÕES QUE ESTÁO SENDO FEITAS DOS GOVERNADORES, CHEGUEM TAMBÉM AOS MUNICÍPIOS, PORQUE AS ABERRAÇÕES ADMINISTRATIVAS NÃO SÃO DIFERENTES NÃO SENHOR!


   Ora, prender peixes grandes, coisa nunca dantes visto no Brasil, também deve chegar aos peixes menores, que como piranhas, fazem estragos, corroem os municípios, do mesmo jeito que os que fazem a administração da União, dos Estados e também, do ente federativo município, que na verdade, toda a população sabe de cor e salteado e, a a maioria faz de conta que não sabe, não viu, ou de que ouviu alguma coisa. Se faz de besta, como se a municipalidade não estivesse sendo escorraçada por ladrõszinhos mirins, que da mesma forma que governadores ou outros ocupantes de cargos públicos de outros escalões, fazem da mesma forma. A questão aí, é do tamanho do rombo que cada um provoca, por isso mesmo, as prisões precisam também descer para os municípios, porque o que existe de ladrões oficiais menores, não está no gibi.
    Vamos tomar como exemplo o nossos próprio Estado. Pois bem, se o Tribunal de Contas, TCE-PE, em conjunto com o MPPE, fossem realmente à fundo, com toda certeza, iriam detectar, principalmente nos processos de licitações, de contratação irregular de pessoal, de gastanças indevidas, emprego de toda parentada, com certeza muitos delitos cabeludos se detectaria, a ponto de motivar com fundamento no direito, a prisão dos envolvidos. Basta se dar uma chegada nos contratos licitatórios, o que não é difícil, quer de compra de material, de alimentos para a merenda escolar, de medicamentos, entre outros objetos necessários, nas obras, que com certeza vai confirmar o que se está levantando neste momento. Com certeza vão encontrar muitas falcatruas de se deixar os olhos arregalados. É assim que deveriam agir essas duas entidades. A primeira instituição como órgão auxiliar de fiscalização do legislativo e o MPPE, amparados na Constituição Federal, podem muito bem agirem em conjunto para descobriram as falcatruas que com toda certeza, estão incrustadas em mais de 90% das administrações públicas municipais, fazendo com que, os criminosos saiam algemados de cada município, não só o ordenador de despesas, mas uma penca de puxa-sacos que ao seu lado, fiéis escudeiros na roubalheira, são criminosos da mesma forma, por cumplicidade, porque na realdiade, eles agem como se foram uma quadrilha em cada município.
     O que se precisa é mais acuidade, mais agilidade nas ações, tanto do órgão fiscalizador, quanto do Ministéirio Público, para que os responsáveis por gestão fraudulenta e criminosa não fiquem impunes. É de se ficar indignado quando a gente percebe que em nossos municípios, a roubalheira pública é feita à olhos vistos, isso porque, muitos membros da família do prefeito, assim de repente, aparecem com um montante de patrimônio e de riquezas sem causa e, embora não colequem nos seus nomes, não seria difíciel se chegar aos responsáveis não senhor! - Bastaria que houvesse investigação séria, para saber que determinado imóvel lá num estado distante, mesmo estando no nome de Zezinho das Moscas, mas na realidade, o verdadeiro proprietário é um dos gestores públicos que estão à frente do poder de mando e, àquela que emprestou o nome, não passa de um testa de ferro, que em muitos casos, não tem nem conhecimento de que àquela propriedade está em seu nome, por isso mesmo, nas declarações de IR desses gestores públicos, não aparecem bens alguns em seus nomes. 
     Não é difícil de form alguma rastrear e se chegar aos responsáveis por bens em posse de muitos gestores públicos, que mesmo não estando em seu nome, e incompatíveis com o ganho oficial, são na verdade de sua própria propriedade, adquiridos através de alguma artimanha nas licitações públicas ou com dinheiro desviado do erário, são na verdade, dinheiro roubado do povo. E o pior é que muitos sabem e acham que tudo isso é normal; que quem está no poder tem que sair rico mesmo, isso porque, incutiram na cabeça, que todo político na realidade, tem que ser ladrão mesmo. Então minha gente, aproveitando esse momento em que foram presos no Rio de Janeiro, os ex-governadores Sérgio Cabral e Antonio Garotinho, tudo isso tem que chegar também aos municípios, para que os responsáveis por enes falcatruas paguem também pelos seus crimes de improbidade adminsitrativa cometidos e pelo roubo descarado e escancaradamente, dos dinheiros públicos. Não é difícil se chegar ao fio da meada. Basta que os órgãos constitucionalmente responsáveis, trabalhem e tenham coragem e vontade para apontar os criminosos da coisa pública, esta é a verdade nua e crua.

Nenhum comentário: