SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

SERÁ QUE NOSSA CÂMARA, COM 15 VEREADORES, GANHANDO 10 MIL REAIS POR MÊS, SERÁ MAIS EFICIENTE DO QUE A ATUAL?

Ontem, na Câmara de Vereadores de Buíque, Sessão para aumento de um "pedalinho" para utilização de 5% do orlçamento do Município pelo Executivo, em final de mandato.

    Antes de iniciar nossa conversa diária, é de bom alvitre lembrar, que não se está aqui falando da pessoa física de nenhum dos vereadores com mandantes findantes, tampouco dos eleitos, mas sim, a instituição pública legiferante e dos políticos detentores de mandatos em curso e os que vão assumir, enquanto pessoas públicas. Há de se esclarecer também, que quem entra na chuva é para se molhar, assim como o ser humano pessoa física, quando sai da vida particular e entra na pública, passa a ser um foco de atenção de toda sociedade da qual teoricamente, ela vai representar ou fazer de conta que vai realmente fazer isso.
    Quando um vereador apresentou Projeto de Lei (que deveria ter sido Decreto Legislativo), o fez pensando no seu próprio umbigo, na sua reeleição, o que não aconteceu, mesmo assim, nas caladas da noite, aumentou-se o número de vereadores de Buíque, dos atuais 13, para 15, sob o argumento do que a Constituição Federal permite, na conformidade do aumento populacional. Ora, a contituição dá uma limitação de teto máximo de cadeiras, mas não necessariamente é obrigatório esse aumento. O que houve aqui em nossa terra, foi uma pura jogada de um vereador, que terminou por dar com os burros n'água, porque não veio a ser o autor desse "projeto", reeleito. O que se há de acreditar é o fato de que, um município pobre como o nosso, com 09 vereadores, funcionária bem melhor e com mais eficiência do que com as 15 cadeiras criadas. Vamos ver se não será verdade o que ora se está afirmando!
   Senão vejamos! - Ao aumentar o número de cadeiras de 13 para 15, e de quebra, se aumentar os subsídios (salários) dos edis para 10 mil reais, o que se fez foi aumentar os gastos e despesas do Legislativo Buiquense, que terá que desembolsar mensalmente 150 mil reais à título de pagamento do "trabalho" árduo dos eleitos, fora isso, vem as obrigações sociais, entre as quais, IR e INSS, que deve chegar à casa dos mais de 70 mil reais, além de que, a presidência da Mesa Diretora, ganha uma verba de representação de mais 10 mil reais, indo para os 20 mil por mês, então o gasto mensal com os senhores edis, vai para a casa, só com eles, sem falar com os rega-bofes, as assessorias, dos mais ou menos 2.760 (dois milhões, setecentos e sessenta mil reais) por ano, dinheiro esse que deveria pelo menos uma parte, se acaso tivéssemos somente 9 vereadores, ser usado para investimentos no setor social e de saúde pública, ou educação, das quais estamos tão carentes em nossa municipalidade, já que o município se encontra afundado num verdeiro caos.
     Quando daqui fizemos severas críticas por diversas vezes, as deixas dos vereadores, que aumentaram por unanimidade, através de uma via enviesada de um projeto de lei, quando deveria ser um Decreto Legislativo, era a de que, não iriam aumentar as despesas e de que, os salários dos vereadores iriam até baixar, diminuir, porque o duodécimo seria o mesmo. Pura balela, a prova está aí. O que fizeram foi aumentar os seus próprios salários, embora seja para a próxima legislatura, de 8 para 10 mil reais, aumentando assustadoramente em momento de crise, as despesas só com eles mesmos, em 25%, ou seja, dois dígitos e bem acima da inflação. Que tivesse aplicado o mesmo índice de aumento do salário mínimo, que não passa de um dígito e não chega nem a 9%. Então minha gente, isso não tem nada de legal, tampouco de moral. Foi e é tudo picaretice, vivacidade dessas pessoas, que eleitas à compra de votos, querem tirar suas despesas, em cima do dinheiro público, afora outras regalias.
    Tem mais, com tantos vereadores, até mesmo para o Executivo trabalhar, aprovar os seus projetos de lei de interesse da população, vai ter muita habilidade, jogo de cintura, para poder administrar tamanho e indevido número de vereadores em Buíque. Ainda há de se perguntar, para que 15 cadeiras, se com apenas 9, com eficiência, se daria conta do recado?
    Tentei mudar esse quadro através de um abaixo-assinado, ano passado, para apresentar com a pressão popular, uma Emenda à Lei Orgânica do Município, de iniciativa popular, mas não consegui o número suficiente de assinantes, e também, no meio do caminho, o tempo já tinha passado, então parei por aí e, não pretendo fazer outra não senhor, porque o povo tem os vereadores que merecem, a partir do momento que vendem o seu voto, como se fora um reles objeto de feira de mangaios, que, salvo melhor juízo, a câmara que vai assumir, não será melhor do que esta legislatura que em 31 de dezembro termina e entra os que foram reeleitos e ficam no esquecimento os que foram derrotados, muitos que imaginavam ser reeleitos e por circunstâncias ou de não ter aplicado direito valores em pecúnia ou não tinham para dispender, alguns perderam os seus mandatos e outros mais que tinham boa-fé, sequer tiveram votos suficientes para ser eleitos inspetores de quarteirão, esta é a verdade nua e crua, se diferente for, que me contem que garanto postar neste Blog. O povo de um modo geral, é quem é o maior responsável pelo seu próprio destino, porque como a maioria dos políticos, se tornaram corruptos também, então o que poderão reclamar quem tinha o poder de mudar em suas mãos, e foi banal e venal, quando deixou de votar com a consciência e vendeu o seu voto que a tudo poderia mudar? - Acaso tivesse votado pelo menos em parte, em candidaturas de boa-fé, que existiam não tantas, mas que existiam, existiam, pelo menos uma voz para falar em favor do povo, para tentar mudar esse dantesco quadro político em que estamos atolados até o pescoço.

Nenhum comentário: