SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quinta-feira, 9 de março de 2017

A MULHER DE MICHEL TEMMER VIROU TERMÔMETRO DA ECONOMIA BRASILEIRA?


    O presidente golpista Michel Temmer, ao falar ontem no dia internacional da mulher, veio com a pérola em sua fala, de que a mulher era de grande importância para a vida social, a partir de momento, em que disse, que sua mulher, Marcela Temmer, era de grande importância para a economia brasileira, porque quando ia ao supermercado fazer feira, tinha por ciência própria, o impacto dos preços nos gêneros alimentícios de primeira necessidade, sendo portanto, uma de suas contribuições salutares para se medir as oscilações da economia brasileira, como se fora ela, um termômetro de nossa economia.
    Primeiramente, o alcaguete de presidente da república, é um grandioso mentiroso, porque com o séquito de auxiliares que deve ter a primeira dama, em momento algum, ela se submeteria ao trabalho de se dirigir a um supermercado público para fazer uma feira; em segundo lugar, pelo que consta, além da beleza dela, outra coisa ela não busca fazer, a não ser cuidar de sua própria silhueta de uma bela mulher e, em terceiro lugar, o papel dela na condição de mulher do primeiro mandatário golpista, não passa do quarto ou da sala de jantar do Palácio do Alvorada ou da Mansão da Dinda ou outra qualquer onde ele está  usufruindo das benesses e das mordomias do cargo que ilegalmente ocupa no Brasil. 
     O que na verdade ele demonstrou com essa pobreza de discurso, foi na verdade, diminuir o lugar da mulher na sociedade, a partir do  momento em que comparou a mulher como uma pessoa única e exclusivamente voltada para às compras de casa, administração do lar e da cama, nada mais que isto. Então ele não viu nela, certamente, o que representa no mundo moderno atual, a mulher globalizada, independente e livre como na realidade todas as mulheres tem buscado ser, ao conquistarem os seus próprios espaços em todos os ramos de atividade, em pé de igualdade com os homens.
  Para quem quis prestar uma homenagem ao dia internacional da mulher no dia de ontem, o presidente golpista MIchel Temmer, infelizmente perdeu-se em seu próprio discurso que ele faz questão de ser prolixo, pausado e demasiado explicativo, porém, sem nada dizer ou explicar, porque seus discursos são extremamente vazios de conteúdo com relação ao que ele arrancou para si na ilegalidade e na marra, um cargo que jamais teria no voto, condições de conquistá-lo, porque a não da forma como se tornou presidente da república, na vontade popular, jamais o chegaria.

Nenhum comentário: