SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

A REDE GLOBO DE TELEVISÃO, FAZENDO O PAPEL DE JUIZ, CARRASCO E COVEIRO, COM OS SEUS COMENTARISTAS DE PLANTÃO, JÁ INSTRUÍRAM O PROCESSO, CUIDARAM DOS ASPECTOS JURÍDICOS FINAIS E DERAM O VEREDICTUM DE LULA: CONDENADO E CULPADO!


   Parece até mentira o que pude assistir, só para chegar a perceber, porque já fiz um juramento comigo mesmo, de não mais assistir a Rede Globo de Televisão, pelo meio de informação parcial, golpista e distorcedora da verdade, sempre buscando fabricar fatos e, mesmo que mentirosos ou falsos, ela os faz críveis e verdadeiros. Então minha gente, o que um canal de televisão dessa natureza vem fazendo, que é uma concessão estatal a sua licença para funcionamento, num país sério, ela não mais estaria no ar, porque está fazendo o que bem quer e entende com a mentalidade de muita gente, sobretudo quando se tratam de pessoas de mentes fracas, vulnerárias e de inocentes úteis. Aí sim, esse canal de televisão deita e rola e muda até o modo de vida comportamental, de agir e de pensar de nosso povo, isso porque, "Deu na Globo" e, se "deu na globo", é porque é verdadeiro. É assim que está surgindo em nosso país, um grande segmento de alienados.
     Na mega-audiência de Lula em Curitiba, frente ao juiz de recados Sérgio Moro, não foi diferente. Diga-se de passagem, que o gasto em segurança correspondeu a três vezes mais o valor do tal triplex objeto dessa ação penal. A Globo mostrou o que bem quis, montou uma equipe tão-somente e exclusiva para analisar o depoimento de Lula e todos eles, unanimamente, seguindo uma única orientação, de desmontar e desacreditar a todo custo, o que Lula disso no momento de seu depoimento frente ao alcaguete de  juiz de direito, deitou e rolou, porque não tinha, tampouco se permitia, opinião contrária. Até mesmo comentaram, que de início, Lula começou inseguro, meio nervoso, balançando a cadeira, bebendo água, mexendo no bigode vez por outra, para, num segundo momento, adquirir firmeza, porém sempre mentindo em suas respostas, tanto as do Deus-Juiz presidente da audiência, quando ao Ministério Público Federal. Quer dizer, toda análise e observação da equipe da Globo, sempre foi para contrariar e desacreditar cada vez mais, o que Lula disse frente ao "Senhor dos Anéis de Deus". Até mesmo na praça de Curitiba onde estavam os militantes de Lula que foram para lá em apoio ao líder maior do Brasil, a Globo que não deixaram sequer chegar perto, porém mesmo de longe, com câmaras de lentes potentes, deu alguns flashs, disse que tinha em torno de 5 mil pessoas, enquanto na verdade, existia em torno de 50 mil. Quer dizer, de todas as formas, a Globo o que vem fazendo, é sempre buscando desacreditar Lula e o PT, porém esquece de pagar a dívida estratosférica que tem junto à Previdência Social e ao Fisco Brasileiro. Chegaram também ao desplante de dizer, que em algumas ocasiões, Lula colocou a culpa em Dona Marise, que já falecida, nada poderia mais responder. Que canalhice, hein, minha gente!
    Acredito que na Globo News, que se equipou exclusivamente para esse mega espetáculo de apensas um interrogatório de um acusado em um processo, transformou isso num evento digno de Hollywood. Sinceramente, não dá para se dar credibilidade à Globo, tampouco às demais mídias, que de um modo geral, sempre vão como uma maria-vai-com-as-outras, tão somente com o fito de confundir, falsear a verdade e fazer com que o povo acredite em suas mentiras, como a rede globo teve a capacidade de dar uma cobertura de um fato espetacularizando-o, onde reuniu mais de dez debatedores, todos eles justamente numa só linguagem, sempre buscando desconstruir o que Lula disse, passando partes das filmagens de seu interrogatório e fazendo os comentários sempre contra no intuito de confundir os telespectadores e fazer com que o povo fique cada vez mais alienado ainda. Não explicou a Rede Globo por exemplo, que naquele momento processual, se tratava tão-somente de um mero interrogatório de uma pessoa acusada de um crime, que poderia até, se bem o entendesse, não comparecer ou até mesmo, se calar e nada responder, mas Lula, mesmo sendo ex-presidente (o melhor do Brasil), não se fez de rogado e compareceu para encarar de frente, o seu carrasco, o homem que tem sede de vingança, tem inveja e quer por que quer, ser o mandante da prisão de Lula, não tendo tomado essa medida até agora, certamente, pela reação que politicamente pode haver tanto no Brasil quando no mundo, por isso mesmo é que ele não estão preso até agora, senão, já estaria no xilindró.
   Por de turno ainda, a Globo tem o prazer orgásmico de alcunhar Lula de "RÉU", com todas as letras, as tintas que puder, mas no meu entendimento, o sujeito, o ser humano, e isso é a própria Constituição Federal de 1988 quem se reporta, de que qualquer pessoa só pode ser considera culpada, após o trânsito em julgado de sentença penal condenatória, caso contrário, se reputa inocente. No caso específico de Lula, ele não passa, como tantos outros, de um mero ACUSADO. O tratamento de réu, que sempre contestei, apesar de exaustivamente usado em qualquer ramo do Direito, a mim me parece, um tanto quanto inadequado, porque a condição de réu, só deveria ser usada no ramo do Direito Penal e assim mesmo, após o acusado vir a ser condenado com sentença penal condenatória com o trânsito em julgado. Enquanto isso, o que prevalece e isso também é constitucional, é justamente a presunção da inocência. Então no meu entendimento, o termo "RÉU", é usado inoportuna e inadequadamente por muitos operadores do Direito. Quem chegar a ver uma petição minha, poderá perceber que tenho muito cuidado no uso desse termo, ao me referir, por exemplo, a um sujeito, em quaisquer outros ramos ou mesmo no Direito Penal, enquanto não condenado com o trânsito em julgado, em que venha a figurar no polo passivo processual, porque a minha convicção é a de que, "RÉU", se transmuta tão-somente no Direito Penal, com a comprovação da culpabilidade do nexo causal entre causa e efeito, dando-se então a cognição da veracidade dos fatos, muitas vezes mal conduzidas e maquiadas pela própria justiça, em que o antes acusado, depois de prolatada uma sentença penal condenatória com o trânsito em julgado, então virá a se transforma em Réu. O que vi ontem, sinceramente, não convém ao povo brasileiro, tampouco foi didático para ninguém, porque o que a Globo fez, num governo que vier a ser sério em nosso país, é para tirá-la do mapa da comunicação do Brasil, já que ela está prestando um grande desserviço na área midiática à nossa gente. Então minha gente, o que diria para vocês é que, quanto mais puderem, desliguem sua TV do Plim Plim da Rede Globo de Televisão, que está pregando o ódio e a divisão em nosso país e querendo mesmo, a implosão social para o fogo pegar de vez.

Nenhum comentário: