SLIDE POSTAGENS

QUEM REALMENTE SOU

Minha foto
BUÍQUE, NORDESTE/PERNAMBUCO, Brazil
A VERDADE SEMPRE FOI UMA CONSTANTE EM MINHA VIDA.

domingo, 25 de junho de 2017

FÁBIO ASSUNÇÃO FOI MARGINALIZADO POR UNS E DEFENDIDO POR MUITOS OUTROS, NA CIDADE DE ARCOVERDE


   Não é pelo fato de ser ator global, TV que sequer estou assistindo a sua programação, que o ator Fábio Assunção, venha a ser defendido ou demonizado por mim, em sua última estada em Arcoverde, neste último São João, em que passou por uma série de momentos vexatórios para uma personalidade nacional famosa, feito o artista de folhetins da Globo. Já é de conhecimento de todo o Brasil, o comportamento atribulado do ator, em face de ser dependente químico e isso, de acordo com a OMS, é uma doença, então um doente, deve evidentemente, independente da letra fria da lei, que deve ser aplicada igualmente para todos (embora não seja verdade essa afirmativa), passou por momentos constrangedores na Terra do Cardeal (digo Cardeal, porque essa de "samba do coco", foi usurpado de Buíque). Quero afirmar que não sou fã do ator, porém sei que nessa arte ele tem feito um bom trabalho, tampouco tenho procuração para defendê-lo, mas o que buscaram fazer com a imagem dele, pelo menos uma parte de alguns que adoram aparecer em cima da desgraça alheia, é realmente algo abominável e inexplicável, para que um ser humano venha a ser tratado da maneira como ele foi.
   Claro que também, tenho conhecimento de alguns outros acontecimentos em outras localidades brasileiras, especialmente no Rio de Janeiro, protagonizadas poe ele, porém quem é dominado pelo vício, erra uma, erra duas e enes vezes e não aprende. Só sabe o que o day after de quem é dependente químico, que já passou ou passa por isso. Muitos ficam tirando onda, fazendo piadas e dizendo: "é, o sujeito é rico, famoso, não vai acontecer nada!" - Agora indago, e o linchamento moral, que fizeram em cima da fama dele, só porque é artista famoso de televisão e, tem em cima de si, um peso maléfico do vício, de dependência química, quer seja lícita ou ilícita, tanto faz, a questão é, que ele é uma pessoa que talvez até, venha tentando se desvencilhar do vício, dessa vida que está a lhe destruir, mas não chegou ainda a ter forças suficientes e por isso mesmo, não conseguiu. Essa questão de dependência em drogas, não atinge gente famosa somente do Brasil não senhor!, mas sim, de grande parte do estrelato americano, do mundo, que todos os dias aparecerem na tela da TV de cada um de vocês, e nem por isso deixam de ser artistas famosos e brilhantes. A questão do vício, é algo que de certa forma, se incrusta na alma da pessoa, por alguma razão de angústia, de solidão, da falta de Deus, digamos assim, e por isso mesmo, o sujeito encontra o preenchimento desse vazio no vício, na bebida, nas drogas ilícitas e aí, pode chegar a cair no fundo do poço. O país que mais consome drogas no mundo, são os Estados Unidos. Até nos filmes americanos, que se assiste todos os dias, o que mais se vê, são jovens fumando "baseados".
  Fábio Assunção, que não sei bem, namora uma atriz notívaga de Arcoverde, veio à cidade, na intenção de promover um documentário sobre o samba de coco (que é de Buíque), além de outros programas de cunho social que eles artistas tem um maior poder de vender a imagem, em favor dos menos favorecidos e, diga-se de passagem, que talvez parte de muitas dessas pessoas que seriam beneficiadas por esse programa, da promoção da cidade como polo cultural, foi justamente que apontou o dedo sujo para ele, por um momento em que estava fazendo a sua viagem que sequer, podem crer, tem lembrança ou noção do que fez ou deixou de fazer, porque o efeito da droga, tanto lícita, quanto ilícita, é assim mesmo. Se perde a noção do mundo e das coisas, fica num vazio mental, que sequer é capaz de lembrar no day after, porque a única coisa que resta para a pessoa que sofre desse mal, é entrar em estresse e depressão profunda, esta é a realidade. Não estou aqui defendo qualquer prática criminosa que por acaso ele tenha praticado em sua conduta de mentalidade apagada, mas sim, a questão de uma doença, reconhecida pela OMS, que deve ser tratada e cuidada como uma pessoa doente.
  Tem mais, algumas autoridades, que nem são essas autoridades assim, gostam de tirar vantagens, de aparecer para os holofotes, quando pegam um peixe famoso e dele, pode tirar alguma escama e aí, a coisa ganha outra conotação, como no caso de Fábio Assunção, que se fez o que diz a polícia, que fez, é porque estava dominado pela dependência química, não estava em sã consciência. Agora, querer aparecer, tirar vantagem em cima do cara, só porque é ator global famoso, aí convenhamos, é pura hipocrisia e isso a gente tem observado, não somente na esfera de autoridades tupiniquins arcoverdenses, em algumas pessoas do povo, que tem menos conhecimento e é uma maria-vai-com-as-outras, mas também, nas esferas maiores da política, do judiciário e de qualquer quadrante onde você desempenha as suas atividades habituais. Existe sempre alguém querendo derrubar você, justamente para se promover, colocar você em desgraça e acabar com a sua vida. Assim fizeram com Fábio Assunção.Prova de que o seu humano é mau. Melhor o jumento, como diria Luiz Lua Gonzaga.
   Mas grande parte do povo não é mais tão besta assim. Fiz uma postagem no meu face e mais de 90% das opiniões, foram favoráveis à minha posição, com relação ao artista Fábio Assunção, nesse momento deplorável de sua vida. O que não se deve é justamente zombar da desgraça alheia para tirar alguma espécie de vantagem, porque se fosse um pé de chinelo qualquer, ninguém teria tomado conhecimento ou teria saído em rede social alguma. Agora como se tratava de Fábio Assunção, então vamos descer a lenha, acrescentar uma coisinha aqui, outra ali, para desgraçar a imagem do cara, afinal ele é de São Paulo e lá, eles tem preconceito contra a gente. Ora! - Quanto hipocrisia! - Se ele fosse um dos preconceituosos, não teria vindo promover o nome de Arcoverde! - Por qual razão não lhe deram um tratamento diferenciado,  mesmo que ele tenha transgredido a lei, que é mentira que não é aplicada em pé de igualmente para ninguém, porque ele merecia, afinal de contas, veio promover a Terra do Cardeal, em nome do samba de coco de Buíque, e quem saiu péssimo na fotografia foi ele, justamente quem queria ajudar. Lembro do saudoso Antonio Marcos, quando veio fazer um show em Arcoverde há alguns anos, antes de vir a falecer, e sequer compareceu, porque estava extremamente embriagado e não fez o show esperado por muitos, porque não tinha sequer condições de subir no palco. Gente, a vida tem muito dessas coisas e peças, podem ser pregadas em qualquer um de nós. Então estejamos sempre em sinal de alertas!  

Nenhum comentário: